Frederick Beauchamp Seymour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Muito Honorável
O Lorde de Alcester
Admiral Frederick Beauchamp Seymour lord alcester.jpg
Conhecido(a) por The Ocean Swell
Nascimento 12 de abril de 1821
Londres
Morte 30 de março de 1895 (73 anos)
Londres
País Flag of the United Kingdom.svg Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Força Naval Ensign of the United Kingdom.svg Marinha Real Britânica
Anos em serviço 1834 - 1885
Hierarquia Almirante
Comandos HMS Meteor (1855-56)
Brigada Naval, Nova Zelândia (1860-61)
Lorde Naval Júnior (1872-74)
Frota do Canal (1874-77)
Frota do Mediterrâneo (1880-83)
Segundo Lorde do Mar (1883-85)[1]
Batalhas/Guerras Guerra da Crimeia (1856)
Guerra Maori (1860-1861)
Guerra anglo-egípcia (1882)
Condecorações Cavaleiro da grã-cruz da Ordem do Banho
Relações Horace Seymour (pai)

Almirante Frederick Beauchamp Paget Seymour, 1º Barão de Alcester, GCB (12 de abril de 1821 - 30 de março de 1895) foi um comandante naval britânico. Foi comandante-em-chefe da Frota do Canal, entre 1874 e 1877 e da Frota do Mediterrâneo, entre 1880 e 1883.

Filiação[editar | editar código-fonte]

Seymour era filho do coronel Sir Horace Seymour, e primo do 5º Marquês de Hertford. Era bisneto do 1º Marquês de Hertford.

Carreira naval[editar | editar código-fonte]

Seymour entrou para a Marinha Real Britânica em 1834, e serviu no Mediterrâneo e no Pacífico. Foi por três anos ajudante de ordens do seu tio Sir George Seymour, e foi promovido a capitão de fragata em 1847. Serviu também na Birmânia. Foi comandante-em-chefe da Estação Austrália, de 10 de março de 1860 até 21 de julho de 1862 como comodoro segunda classe, a bordo do HMS Pelorus. Comandou a Brigada Naval, na Nova Zelândia, durante as Guerra Maori, de 1860 a 1861, e foi condecorado com a medalha de companheiro da Ordem do Banho por isso.

Em 1872, tornou-se Lorde Naval Júnior durante dois anos e, em seguida, comandante da Frota do Canal. Tornou-se vice-almirante em 31 de dezembro de 1876, e foi nomeado cavaleiro comandante da Ordem do Banho (KCB) em junho de 1877, e promovido a cavaleiro da grã-cruz (GCB) em 24 de maio de 1881. De 1880 a 1883 foi comandante-em-chefe da Frota do Mediterrâneo, e de 1883 a 1885, foi Segundo Lorde do Mar. Tornou-se almirante em maio de 1882.

Recebeu o título de Barão de Alcester (pronuncia-se "Alster"), de Alcester no Condado de Warwick, em 1882[2] por seu comando no bombardeamento de Alexandria (parte da Guerra anglo-egípcia) e nas operações subsequentes, na costa do Egito. Foi também homenageado com um subsídio parlamentar de 25.000 libras esterlinas, com a cidadania honorária de Londres e uma Espada de Honra.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O Lorde de Alcester nunca se casou. Morreu em março de 1895, aos 73 anos, quando seu pariato se tornou extinto.

Notas e referências

  1. Darryl Lundy. The Peerage. Página visitada em 10-3-2011.
  2. (21 de novembro de 1882) "Whitehall, November 20, 1882". London Gazette: 5195.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Cargos militares
Precedido por
William Loring
Comandante-em-chefe, Estação Austrália
1860-1862
Sucedido por
William Burnett
Precedido por
Sir John Tarleton
Lorde Naval Júnior
1872-1874
Sucedido por
Lorde Gillford
Precedido por
Sir Geoffrey Hornby
Comandante-em-chefe, Frota do Canal
1874-1877
Sucedido por
Lorde John Hay
Precedido por
Sir Geoffrey Hornby
Comandante-em-chefe, Frota do Mediterrâneo
1880-1883
Sucedido por
Lorde John Hay
Precedido por
Lorde John Hay
Segundo Lorde do Mar
1883-1885
Sucedido por
Sir Anthony Hoskins
Pariato do Reino Unido
Precedido por
Nova criação
Barão de Alcester
1882-1895
Sucedido por
Extinto