Gálatas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A imagem mostra a Galácia, onde habitavam, na antiguidade, os gálatas

Gálatas eram um povo celta da Antiguidade, habitantes da antiga região da Galácia, no centro da atual Turquia asiática (Anatólia).

Invasão gaulesa[editar | editar código-fonte]

No século III a.C., houve uma grande migração de gauleses para oriente, percorrendo toda a Grécia e chegando até a Ásia Menor onde, após grandes confrontos com os reis de Pérgamo Eumenes I e Átalo I, foram repelidos e dirigiram-se para a zona central da Capadócia, na qual se assentaram formando uma região que passou a chamar-se Galácia e portanto os seus habitantes, originalmente celtas oriundos da Gália (gauleses), passaram a chamar-se "gálatas", nome que também foi dado à língua que falavam.

Os gauleses tomaram a cidade frígia de Ancira (atual Ancara), que havia sido fundada por Midas, filho de Górdio, [1] que passou a ser a capital desta região.

A província romana da Galácia teve diversas configurações durante sua história e só deixou de existir quando os turcos seljúcidas começaram a sua conquista da Anatólia a partir do século XI.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Turquía. Ed. Grech, S.A., 1988. ISBN 84-7597-046-X
  • SEIGNOBOS, Ch., Historia Universal Oriente y Grecia. Editorial Daniel Jorro, Madrid 1930
  • Grecia, cuna de Occidente, tomo II, Atlas culturales del mundo. Folio-Ediciones del Prado 1992 ISBN 84-7838-164-3