Gertrud Bing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gertrud Bing (18921964) foi uma historiadora da arte, colaboradora do historiador cultural Aby Warburg e diretora do Instituto Warburg de 1954 a 1959.

Cursou o Lyceum em Hamburgo de 1909 a 1913, além do Heinrich-Hertz Realgymnasium, formando-se em 1916. Estudou nas universidades de Munique e Hamburgo, com concentração na área de filosofia. Sua tese de doutorado, escrita sob supervisão de Ernst Cassirer, versou sobre Lessing e Leibniz.

Em 1922 começou a trabalhar como bibliotecária junto à Biblioteca Warburg, durante o período em que seu fundador tratava-se por problemas de saúde. Quando Warburg retomou suas atividades após o tratamento, Bing tornou-se sua assistente de pesquisa. Warburg, Bing e Fritz Saxl, outro ativo colaborador da Biblioteca e responsável por ela durante a doença do fundador, organizaram e por fim inauguraram oficialmente a Kulturwissenschaflichen Bibliothek Warburg (Biblioteca Warburg de Ciência da Cultura), ligada à Universidade de Hamburgo, em 1926. Ela torna-se diretora da instituição em 1927.

Após a morte de Warburg, ela reúne os trabalhos do historiador e os edita, tornando-se conhecidos sob o nome de Gesammelten Schriften (Escritos Reunidos).

Quando Adolf Hitler chega ao poder na Alemanha, em 1933, Saxl e ela, agora vivendo juntos, decidem transferir a Biblioteca para Londres (Warburg era de uma família de banqueiros judeus).

O casal estabelece-se em Dulwich. Saxl torna-se o primeiro diretor do então recém-fundado Instituto Warburg, e Bing diretora associada. Saxl morreu em 1948, e foi sucedido na direção do Instituto Henri Frankfort. Depois da morte deste em 1954, Bing tornou-se diretora do Instituto, e Professora de História da Tradição Clássica. Ela ocupou estes postos até sua morte em 1964.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Der Begriff des Notwendigen bei Lessing: Ein Beitrag zum geistesgeschichtlichen Problem Leibniz-Lessing. Hamburgo, 1921. Orientação de Ernst Cassirer.
  • "A. M. Warburg", in Journal of the Warburg and Courtauld Institutes n. 28, 1965, pp. 299–313.

WARBURG, Aby. Die Erneuerung der heidnischen Antike: kulturwissenschaftliche Beiträge zur Geschichte der europäischen Renaissance. 2 vols. Leipzig: B. G. Teubner, 1932, edição de G. Bing.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.