Gramática da língua inglesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:English grammar (desde dezembro de 2010). Ajude e colabore com a tradução.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Gramática da língua inglesa é o conjunto de regras que descrevem as propriedades do idioma inglês.

A gramática de qualquer língua é, em geral, abordada de duas maneiras diferentes: descritiva, que geralmente descreve as estruturas gramaticais encontradas após uma análise sistemática de uma vasta coletânea de textos; e prescritiva, que tenta utilizar as regras identificadas em uma determinada língua como uma ferramenta para reger o comportamento linguístico de falantes. A gramática prescritiva ainda se preocupa com várias discussões abertas na gramática do inglês, que muitas vezes demonstram as mudanças no uso de certos padrões ao longo do tempo.

Existem variações históricas, sociais e regionais do inglês. Por exemplo, o inglês britânico e o inglês americano têm várias diferenças lexicais, no entanto, as diferenças gramaticais não são igualmente tão visíveis. Além disso, os diversos dialetos do inglês têm divergências em relação a gramática aqui descritos; eles são apenas mencionados superficialmente. O inglês padrão inclui tanto o discurso formal como o informal.

Classes de palavras e tipos de oração[editar | editar código-fonte]

São sete as classes de palavras principais: substantivo, adjetivo, advérbio, preposição, conjunção, e determinante (ou complemento). As seis primeiras são tradicionalmente denominadas "partes do discurso." Existem classes de palavras menores, como as interjeições, mas estas não se encaixam na estrutura da oração e do período em inglês.

Classes variáveis ou invariáveis de palavras (ou flexivas/inflexivas)[editar | editar código-fonte]

Classes variáveis permitem que novas palavras sejam acrescentadas às mesmas; já classes invariáveis raramente o fazem. Substantivos como "celebutante", (uma celebridade que frequenta os círculos da moda)" e "mentee", (uma pessoa assessorada por um mentor) e advérbios como "24/7" ("I'm working on it 24/7'") são palavras relativamente novas. Substantivos e advérbios são, portanto, classes flexivas, ou variáveis.

Notas[editar | editar código-fonte]