Hans Scharoun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hans Scharoun (direita) junto a Otto Nagel.
Filarmônica de Berlim.
Conjunto residencial Romeu e Julieta em Stuttgart.

Bernhard Hans Henry Scharoun (Bremen, Alemanha, 20 de setembro de 1893Berlim, 25 de novembro de 1972) foi um arquiteto conhecido por desenhar a sala de concertos da Filarmônica de Berlim e a casa Schminke em Löbau. Foi um dos maiores expoentes da arquitetura orgânica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De pequeno e na sua etapa escolar em Bremerhaven, já mostrara interesse pela arquitetura. Realizou os seus primeiros designs com a idade de 16 anos, e aos 18 apresentou-se a um concurso para a modernização de uma igreja.

Em 1912 iniciou os estudos de arquitetura na Universidade Técnica de Berlim (então Königliche Technische Hochschule). Contudo, não chegou a terminar os seus estudos, pois alistou-se como voluntário para servir durante a Primeira Guerra Mundial. Trabalhou com o seu mentor Paul Kruchen num programa de reconstrução da Prússia Oriental.

Ao teminar a guerra estabeleceu-se como arquiteto na cidade de Breslau. Ali desenvolveu os seus primeiros projetos e organizou várias exposições, entre elas, a primeira exposição do grupo expressionista Die Brücke.

Scharoun constitui um caso absolutamente singular. Entre 1933 e 1945 devotou-se, quase obsessivamente, à realização de uma série de casas unifamiliares, desenhando um total de vinte e seis projetos. A habitação unifamiliar constituía uma tipologia que apenas interessou a Hans Scharoun nessa época.

A dificuldade de aceder a outras encomendas explica-se pelo próprio interessado — obviando de fato, a existência de numerosas encomendas mais “obscuras”, como as numerosas residências militares que construiu em Berlim e Bremerhaven no citado período. Frente a estes últimos, a habitação representa um campo de relativa liberdade, que possibilitou o estabelecimento de uma linha de pesquisa pessoal.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Oficina de Correios perto da estação, Bremen, Alemanha(1922).
  • Casa de madeira portátil, Legnica, Polônia (19261927).
  • Casa na urbanização Weißenhof, Stuttgart, Alemanha (19261927).
  • Projeto Casa Weite (1928).
  • Residência , Wroclaw, Polônia (19281929).
  • Casa de Apartamentos em Kaiserdamm, Berlim, Alemanha (1929).
  • Casa de apartamentos, Berlim, Alemanha (1929—1930).
  • Urbanização Siemensstadt, Berlim, Alemanha (1929—1931).
  • Casa Schminke, Löbau, Alemanha (1930—1933).
  • Casa Mattern, Potsdam, Alemanha (1932—1934).
  • Casa Baensch, Berlim, Alemanha (1934—1935).
  • Projetos visionários (1939—1945).
  • Projeto Centro de ensino primário, Darmstadt, Alemanha(1951).
  • Projeto Teatro Nacional de Kassel, Kassel, Alemanha (1952—1954).
  • Residencial "Romeu e Julieta", Stuttgart, Alemanha (1954—1959).
  • Urbanização Charlottenburg-Nord, Berlim, Alemanha (1954—1959).
  • Colégio "Geschwister-Scholl", Lünen, Alemanha (1955—1962).
  • Berliner Philharmonie, Berlim, Alemanha (1956—1963).
  • Centro de ensino (projeto de Scharoun), Marl, Alemanha (1960—1971).
  • Embaixada alemã, Brasília, Brasil (1964—1971).
  • Biblioteca Nacional de Berlim (Potsdamer Strasse 33), Berlim, Alemanha (1964—1978).
  • Teatro Municipal de Wolfsburgo, Wolfsburgo, Alemanha (1965—1973).
  • Museu Marítimo Alemão, Bremerhaven, Alemanha (1969—1975).

Prêmios e galardões[editar | editar código-fonte]

  • 1954 - Doutor honoris causa pela Universidade Técnica de Berlim.
  • 1954 - Prêmio Fritz Schumacher.
  • 1955 - Prêmio das Artes de Berlim.
  • 1958 - Medalha de bronze da Academia Livre das Artes de Hamburgo.
  • 1959 - Großes Bundesverdienstkreuz (Grande Ordem do Mérito Federal).
  • 1962 - Senador honorífico da Universidade Técnica de Berlim.
  • 1964 - Grande Prêmio do Bund Deutscher Architekten (Associação dos arquitetos da Alemanha).
  • 1965 - Doutor honoris causa pela Universidade de Roma.
  • 1965 - Prêmio Auguste Perret.
  • 1969 - Cidadão honorífico de Berlim.
  • 1970Prêmio Erasmus.

De 1955 a 1968 foi presidente da Academia das Artes de Berlim ocidental. Posteriormente seria presidente honorário. Hans Scharoun foi membro fundador da sociedade berlinesa Paul Hindemith.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Hans Scharoun