Heather Brooke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heather Brooke em 2012

Heather Rose Brooke (nascida em 1970) é uma jornalista americana e defensora da liberdade de informação. Morando no Reino Unido desde o começo da década de 1990, ela ficou conhecida por ser um dos jornalistas que reportaram o vazamento das informações do escandalo de gastos do parlamento britânico em 2009, o que terminou com a renúncia do líder da Câmara dos Comuns, Michael Martin.[1]

Brooke é professora de jornalismo na City University, em Londres. Ela é autora dos livros Your Right to Know (2006), The Silent State (2010) e The Revolution Will Be Digitised (2011).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.