Hitoshi Igarashi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nascimento 1947
Morte 12 de Julho de 1991 (44 anos)
Ibaraki, Japão
Cônjuge (Mishiko Igarashi (Michiko Igarashi, 五十嵐雅子?)
Ocupação escritor, tradutor
Principais trabalhos tradução de Versos Satânicos

Hitoshi Igarashi (五十嵐 一, Igarashi Hitoshi?) (1947 - 12 de julho de 1991, Ibaraki) foi um professor de história e literatura árabe e persa e tradutor para o japonês do livro de Salman Rushdie, Versos Satânicos.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Igarashi completou seu programa de doutorado em arte islâmica na Universidade de Tóquio em 1976, e era um pesquisador associado da Academia real do Irã até a Revolução Islâmica em 1979.

Era professor associado de cultura islâmica comparada na Universidade de Tsukuba.[1] Traduziu O Cânone da Medicina de Avicenna e o livro Versos Satânicos de Salman Rushdie para o japonês.[1] [2]

Morte[editar | editar código-fonte]

Depois da fatwa do Ayatollah Khomeini emitida em 1989, clamando pela morte "do autor do livro Versos Satânicos, que é contra o Islã, o Profeta e o Qur'an, e todos aqueles envolvidos em sua publicação que estejam cientes de seu conteúdo", Igarashi foi esfaqueado repetidamente até a morte no rosto e nos braços por um assassino anônimo. Seu corpo foi encontrado em seu escritório da Universidade de Tsukuba, em Ibaraki.[3] [4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Helm, Leslie (13/07/1991). Translator of 'Satanic Verses' Slain (em inglês) Los Angeles Times. Visitado em 26/09/2013.
  2. One person's story (em inglês) OMID. Visitado em 26/09/2013.
  3. Hitoshi Igarashi (1947-1991) (em inglês) Fukimimi (24/07/2006). Visitado em 26/09/2013.
  4. Weismann, Steven R. (13/06/1991). Japanese Translator of Rushdie Book Found Slain (em inglês) The New York Times. Visitado em 26/09/2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.