INS Mysore (1939)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
INS Mysore
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Fabricante Vickers-Armstrongs
Batimento de quilha 08 de fevereiro de 1938
Lançamento 18 de julho de 1939 (como HMS Nigeria)
Comissionamento 20 de agosto de 1957
Descomissionamento 20 de agosto de 1985
Fatalidade Desmanchado
Carreira Naval Ensign of the United Kingdom.svg
Nome HMS Nigeria
Operador Marinha Real Britânica
Comissionamento 23 de setembro de 1940
Vitórias Atlântico 1941, Noruega 1941, Ártico 1942, Comboios de Malta 1942, Sabang 1944, Burma 1944-45
Fatalidade Vendido para a Marinha da Índia
Emblema do navio NMM by Richard Symonds 26.JPG
Características gerais
Tipo de navio Cruzador
Classe Classe Crown Colony/Classe Fiji
Deslocamento 8 530 t (18 800 000 lb)
Comprimento 169,3 m (555 ft)
Boca 18,9 m (62,0 ft)
Calado 5 m (16,4 ft)
Propulsão Quatro caldeiras à óleo queimado, quatro turbinas, quatro hélices 72 500 hp (54 100 kW)
Velocidade 33 nós
Autonomia 6 520 m.n. (12 100 km) à 13 nós (24 km/h)
Blindagem Cinta principal com 83 mm (3,3 in)
Deques com 51 mm (2,0 in)
Torres com 51 mm (2,0 in)
Torre diretora de controle com 102 mm (4,0 in)
Armamento 9 x canhões de 150 mm (5,9 in)
8 x canhões de 100 mm (3,9 in)
8 x canhões anti-aéreos Bofors 40 mm de 40 mm (1,6 in)
12 x canhões anti-aéreos QF 2 pounder naval de 40 mm (1,6 in)
12 x canhões anti-aéreos de 20 mm (0,79 in)
6 x tubos de torpedos de 530 mm (21 in)
Tripulação 907 homens

O INS Mysore foi um cruzador da classe Fiji, encomendado pela Marinha Indiana em 1957. O navio foi adquirido da Marinha Real, onde tinha servido na Segunda Guerra Mundial com o nome HMS Nigeria.

Mysore foi o segundo cruzador adquirido pela Índia independente. O cruzador foi encomendado pela Marinha Indiana em agosto de 1957. No símbolo do Mysore, estava retratado uma Águia Mitológica de duas cabeças cujo o nome era Gandaberunda, um Brasão das armas nacionais do estado de Mysore. O lema do navio era Na Bibheti Kadachana e foi retirado da Taittiriya Upanishad.

Em 1959, Mysore colidiu com o Destróier HMS Hogue(D74) da Marinha Real, danificando severamente o casco do Hogue. Em 1969, o naviu colidiu com um outro Destróier de nome INS Rana e com a Fragata INS Beas, resultando em sua desativação em 1972. O Mysore serviu como um cruzador de formação de oficiais. Vários dos oficiais da marinha indiana, conquistaram as suas graduações, comandando este navio. Em Dezembro de 1971,este navio esteve na Frota Ocidental da marinha indiana, liderando um ataque com misseis o porto de Karachi. Mais tarde, a partir de 1975 o Mysore serviu como um cruzador de treinamento para cadetes.

O Mysore foi desativado oficialmente no dia 20 de Agosto de 1985, e posteriormente foi desmontado.[1] [2]

Referências

  1. Colledge, J. J.; Warlow, Ben. Ships of the Royal Navy: The Complete Record of all Fighting Ships of the Royal Navy. London: Chatham Publishing, 2006. ISBN 978-1-86176-281-8
  2. HMS Nigeria at Uboat.net HMS Nigera at Uboat.net. Página visitada em 24 de junho de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.