Ida de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ida
Duquesa de Oldemburgo
Princesa de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym
IdaAnBeSchHoOld.jpg
Ida
Governo
Consorte Augusto de Oldemburgo
Vida
Nascimento 10 de Março de 1804
Schaumburg, Alemanha
Morte 31 de Março de 1828 (24 anos)
Oldemburgo, Alemanha
Filhos Pedro II de Oldemburgo
Pai Vítor II de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym
Mãe Amália de Nassau-Weilburg

Ida de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym (10 de março de 1804 - 31 de março de 1828) foi a segunda esposa do grão-duque Augusto de Oldemburgo.

Família[editar | editar código-fonte]

Adelaide foi a segunda das quatro filhas do príncipe Vítor II de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym e da princesa Amália de Nassau-Weilburg. Entre os seus irmãos estava a princesa Hermínia de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym, esposa do arquiduque José da Áustria e a princesa Ema de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym, esposa do príncipe Jorge II de Waldeck e Pyrmont. Os seus avós paternos eram o príncipe Carlos de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym e a princesa Leonor de Solms-Braunfels. Os seus avós maternos eram o príncipe Carlos Cristiano de Nassau-Weilburg e a princesa Carolina de Orange-Nassau.[1]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de junho de 1825, Ida casou-se com o seu antigo cunhado, o duque Augusto de Oldemburgo, cinco anos depois da morte da sua irmã mais velha, Adelaide. Antes do casamento os dois correspondiam-se com muita regularidade e Ida interessava-se muito pela educação das suas duas sobrinhas, pelo que Augusto achou que ela seria a candidata ideal para sua esposa. Tiveram um filho:

Ida nunca recuperou completamente do parto e viria a morrer menos de um ano depois, no dia 31 de março de 1827. Seis anos depois o seu marido voltou a casar-se, desta vez com a princesa Cecília da Suécia.

Referências

  1. C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 205.