Igreja de São Zacarias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fachada de San Zaccaria

A Igreja de São Zacarias (em italiano: Chiesa di San Zaccaria) é um edifício religioso de Veneza (Itália), situado a pouca distância da Basílica de São Marcos no sestiere de Castello, no tranquilo Campo San Zaccaria. Pertence à diocese do Patriarcado de Veneza. É dedicada ao pai de São João Batista, o sacerdote Zacarias, cujo corpo supostamente contém.

História[editar | editar código-fonte]

A cripta da igreja

A igreja que hoje existe foi construída numa mistura de estilos gótico e renascentista entre 1444 e 1515. Antonio Gambello foi o arquiteto principal, mas a fachada foi acabada por Mauro Codussi. A primeira igreja neste lugar foi fundada pelo doge Giustiniano Particiaco no século IX e oito doges então enterrados na cripta que ainda se conserva.

A igreja original românica foi reconstruída na década de 1170 (quando se construiu o atual campanário) e foi substituída por uma igreja gótica no século XIV. A igreja estava vinculada a um mosteiro beneditino, que era visitado pelo doge anualmente por altura da Páscoa numa cerimónia que incluía a apresentação do cornu (chapéu ducal). Esta tradição começou depois dos monges doarem terras para a ampliação da praça de São Marcos no século XII.

Obras[editar | editar código-fonte]

A pintura mais famosa da igreja, a Virgem e o Menino con Santos, de Giovanni Bellini

O interior da igreja tem um abside rodeado por um deambulatório iluminado por altas janelas góticas, um rasgo típico da arquitetura eclesiástica do norte de Europa, mas única em Veneza. As paredes das naves laterais estão inteiramente cobertas por pinturas de Tintoretto, Angelo Trevisani, Giuseppe Salviati, Giovanni Bellini, Antonio Balestra, Giovanni Domenico Tiepolo, Palma, o Velho e Van Dyck. O artista Alessandro Vittoria está enterrado na igreja, marcando-se o seu túmulo com um auto-retrato de busto.

Dentro da igreja

Ligações externas[editar | editar código-fonte]