Inhaúma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Inhaúma
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 27 de dezembro
Fundação 27 de dezembro de 1948[1]
Gentílico inhaumense
Lema Inhaúma é você
Prefeito(a) Max Oliveira dos Santos (DEM)
(2013–2016)
Localização
Localização de Inhaúma
Localização de Inhaúma em Minas Gerais
Inhaúma está localizado em: Brasil
Inhaúma
Localização de Inhaúma no Brasil
19° 29' 27" S 44° 23' 24" O19° 29' 27" S 44° 23' 24" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008 [2]
Microrregião Sete Lagoas IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Cachoeira da Prata, Sete Lagoas, Fortuna de Minas, Caetanópolis e Esmeraldas
Distância até a capital 90k km
Características geográficas
Área 244,349 km² [3]
População 5 781 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 23,66 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,739 alto PNUD/2000 [5]
PIB R$ 70 941,238 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 12 816,85 IBGE/2008[6]
Página oficial

Inhaúma é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 5 416 habitantes.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade, Inhaúma, por si só, já revela quem eram seus primeiros habitantes. Há duas versões para a origem indígena do nome: a primeira estaria relacionada a uma ave característica da região, denominada pelos indígenas de Anhuma (ou Inhuma ou Inhaúma); a segunda, diz que é uma derivação de “nhae-u”, nome que os indígenas davam a argila existente na região utilizada para moldar utensílios, o que daria origem inclusive à tradição local de fabricação de panelas de cerâmica, até hoje praticada no município. Uma terceira história diz que antes de se ter a cidade como é hoje existia um barzinho da região cuja dona chamava-se Inhá, e os frenquentadores pediam: Inhá uma.[7] .

História[editar | editar código-fonte]

O município foi criado em 1948, desmembrando-se de Sete Lagoas. A primeira autoridade pública municipal foi o prefeito Antonio Olímpio França, conforme Juízo[8] Eleitoral da 144ª Zona do Estado de Minas Gerais, de acordo com a resolução nº 2207 do Tribunal Superior Eleitoral, de 5 de setembro de 1947, artigo 39. Com a instalação do município, até que as eleições fossem realizadas, Inhaúma foi governada pelo intendente, o Dr José Gonçalves Amorim.

"Doou os terrenos à igreja um dos membros da família fundadora, Senhor Francisco Migre, cujo nome hoje figura em um dos logradouros públicos da cidade, como homenagem póstuma."

O gentílico para Inhaúma é inhaumense.

Referências

  1. IBGE :: Cidades@ :: Inhaúma - MG ibge.gov.br. (2011). Página visitada em 5 de novembro de 2011.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. [1] Site da Prefeitura Municipal de Inhaúma
  8. Documento expedido pela junta eleitoral
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.