Júlio Góes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Júlio Góes (Bauru, 25 de outubro de 1955) é um ex-tenista profissional brasileiro.[1] [2]

Já foi número 68° de simples, conquistado em 1985, e 128° em duplas, em 1984. Júlio também joga torneios de veteranos; começou em 2001 e ganhou o torneio em 2005, terminando na frente de Mauro Menezes. Júlio Góes ganhou também em 2008 o City Bank e o Credcard Master Cup Seniors em cima de Thomas Kock e Peter Fleming, ex-parceiro de duplas de McEnroe. Góes chegou a jogar também Roland Garros, Wimbledon e US Open.

Ex-pegador de bolas, Júlio rapidamente cresceu no tênis, representou o Brasil na Copa Davis de 1985.

Além de ganhar três vezes o campeonato brasileiro, três vezes em Santos; e tem um vice-campeonato no ATP de Itaparica. Seu melhor ano na ATP foi em 1985, quando terminou na 96° colocoção. Júlio Góes foi brasileiro melhor colocado no ranking da ATP de simples em 1985.

Após sua aposentadoria passou a dar aulas de tênis no Clube Athletico Paulistano, em São Paulo.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Bicampeão do Challenger de Curitiba 85 - Bahia 85
  • Finais - Itaparica 84, Curitiba 83, Bahia 83
  • Finais Duplas - Vina del Mar
  • Melhor ranking simples 68 em 1985
  • Melhor ranking duplas 128 em 1984
  1. Júlio Góes "Júlio Góes, nascido em Limeira em 1955, foi um grande tenista brasileiro da década de 1980."
  2. JÚLIO GÓES E MAURO MENEZES SÃO CAMPEÕES EM PORTO ALEGRE