James Fisher Robinson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Fisher Robinson
22º Governador do Kentucky
Mandato 18 de agosto de 1862
1 de setembro de 1863
Antecessor(a) Beriah Magoffin
Sucessor(a) Thomas E. Bramlette
Vida
Nascimento 4 de outubro de 1800
Condado de Scott, Kentucky
Morte 31 de outubro de 1882 (82 anos)
Condado de Scott, Kentucky
Nacionalidade americano
Dados pessoais
Primeira-dama Susan Mansell
Willina Herndon
Caroline Hening
Partido Democrata
Whig
Religião Batista
Profissão advogado e fazendeiro

James Fisher Robinson[1] (Condado de Scott, 4 de outubro de 1800 – Condado de Scott, 31 de outubro de 1882) foi um político, advogado e fazendeiro dos Estados Unidos, sendo o 22º governador de Kentucky, ocupando o restante do mandato de Beriah Magoffin. Após as eleições de 1861 Magoffin tornou-se mais ineficaz, pois a oposição tinha ganhado a maioria, Magoffin concordou em renunciar, desde que ele escolhese seu sucessor.

Politicamente, Robinson pertencia a oposição tanto em assuntos como a Guerra de Secessão e abolição.[2] Apesar de ter simpatias União, ele foi considerado um governador moderado,[3] opostos as leis de escravidão e o alistamento de soldados negros.[2] Como senador estadual, ele se opôs à Guerra Civil.[2] Como governador, ele foi criticado pelo presidente Abraham Lincoln por se opor à Proclamação de Emancipação.[3]

Referências

  1. " James Fisher Robinson
  2. a b c Harrison, p. 777
  3. a b Encyclopedia of Kentucky

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Smith, John David. In: Lowell H. Harrison. Kentucky's Governors. Lexington, Kentucky: The University Press of Kentucky, 2004. ISBN 0813123267

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]