João Perry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

João Rui Morais Sarmento Paquete (Lisboa, 21 de Julho de 1940), nome artístico João Perry, é um actor e encenador português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Oriundo de uma família ligada ao teatro, estreou-se, muito novo, em Rapaziadas, no Teatro Nacional, em 1953. Neste período, destaca-se na peça Três Rapazes e Uma Rapariga (1957), onde trabalhou ao lado de Vasco Santana. Tendo estado em África, em França e nos Estados Unidos, fez comédia e revista, trabalhando em vários teatros lisboetas. Das peças em que participou, destacam-se Romeu e Julieta (1961-1962), Joana de Lorena (1964-1965), O Homem Que Fazia Chover (1966) e Passa Por Mim no Rossio (1991), onde maravilhou o público com a sua recriação de Almada Negreiros. Em 1997, abandonou o Teatro Nacional D.Maria II, tendo ido exercer as funções de actor/encenador no Teatro Aberto.

Participou também em diversos filmes, entre os quais Raça (1960), Fragmentos de um Filme Esmola, a Sagrada Família (1972), Crónica dos Bons Malandros (1981-1982), Sem Sombra de Pecado (1982), Um Adeus Português (1985), Vale Abraão (1993) e Tráfico (1998). Em termos televisivos, integrou o elenco da primeira telenovela portuguesa, Vila Faia (1982), seguindo-se A Banqueira do Povo (1993), Na Paz dos Anjos (1994), Ballet Rose (1997), Riscos (1998), Ajuste de Contas (2000), onde assinou um poderoso registo dramático como José Eduardo, médico ex-combatente do Ultramar com traumas de guerra, O Jogo (2002) e Fascínios (2008), voltando a contracenar com Alexandra Lencastre, onde interpreta Óscar Ventura, um empresário abastado, que acaba sendo assassinado misteriosamente.

Mais recentemente "emprestou a sua voz a um documentário açoriano «As Ilhas Desconhecidas», realizada para televisão pelo jornalista, argumentista e cineasta Vicente Jorge Silva. Em 2008, assinou contrato de exclusividade com a estação de Queluz, a TVI. Em 2008, participou na novela A Outra da TVI. Em 2009, participou nas novelas Sentimentos e Deixa Que Te Leve também da TVI. Em 2010, gravou a telenovela Sedução.

A sua voz é uma das mais reconhecidas pelos portugueses, devido às narrações que faz em inúmeros anúncios publicitários.

Em 2002, recebe o Globo de Ouro, na categoria de Teatro, como melhor actor e intérprete na peça A Visita (Teatro Aberto - 2001)

Em 2013/2014 actua no papel de Adelino Ferreira na telenovela Sol de Inverno.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.