Kunstformen der Natur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A 46ª ilustração do livro Kunstformen der Natur: cnidários da ordem Anthomedusae.

Kunstformen der Natur (em língua portuguesa: Formas de Arte da Natureza) é um livro de ilustração científica da autoria do biólogo alemão Ernst Haeckel. A primeira edição do livro foi publicada na Alemanha em 1904 pela editora Verlag der Bibliographischen Instituts, Leipzig und Vienna. A técnica de impressão utilizada foi a cromolitografia. Haeckel trabalhou na sua concepção ao longo de cinco anos.

Kunstformen der Natur inclui 100 ilustrações de organismos muito variados, desde os radiolários e diatomáceas microscópicos a morcegos, orquídeas, e fósseis como as amonites.

Uma segunda edição contendo apenas 30 ilustrações foi editada em 1924.

Kunstformen der Natur influenciou a arte, arquitectura e desenho dos princípios do século XX, correlacionando ciência e arte. Em particular, muitos artistas associados com a Art Nouveau foram influenciados pelos desenhos de Haeckel, incluindo René Binet, Karl Blossfeldt, Hans Christiansen e Émile Gallé. Um exemplo deste facto é o Amsterdam Commodities Exchange, desenhado por Hendrik Petrus Berlage, que foi em parte inspirado pelas ilustrações de Kunstformen.[1]

Algumas estampas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kunstformen der Natur

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Breidbach, Visions of Nature, pp 231, 268-269