Láudano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Láudano (do latim ladanu) é um termo usado na literatura médica do século XVII que designa um medicamento de eficácia comprovada (ex: láudano de Sydenham). Foi preparado pela primeira vez pelo alquimista Paracelso. Muitos médicos tinham um láudano com seu nome.

Em farmacologia, segundo o dicionário Houaiss, láudano é um extrato de ópio que possui efeito sedativo.

Em Os Maias, Carlos da Maia pondera matar-se com uma sobredosagem de láudano.

Láudano é citado no filme Tombstone - A Justiça está chegando, dirigido por George P. Cosmatos, Estrelando Kurt Russel (Wyatt Earp) e Val Kilmer (Dr. Doc Holliday). Láudano também e citado na série de TV "American Horror Story", onde era usado por uma médico para sedar suas pacientes ante de suas cirurgias "macabras".

No Filme From Hell, o ator Johnny Depp utiliza esse medicamento para ter visões acerca dos crimes que ele investiga.Também no filme "O último pistoleiro", o personagem de John Wayne toma láudano para amenizar as dores do câncer que está matando o velho pistoleiro Books. Tambem é citado nos filmes O Estranho que Nós Amamos, de 1961 com Clint Eastwood, onde o personagem vivido por ele toma láudano para se submeter a uma cirurgia e As Desaparecidas, com Tommy Lee Jones e Cate Blachet. O médico diz que é uma mistura de ópio e álcool. No filme Entrevista com o Vampiro, Cláudia (Kirsten Dunst) dá láudano para dois gêmeos a fim de matá-los e os entrega para Lestat (Tom Cruise) se alimentar. No 3º episódio da 1ª temporada do seriado de TV americano American Horror Story, o láudano é citado como um anestésico que era usado em cirurgias, mas, por possuir como efeito colateral uma séria perda de memória, foi banido em 1934.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.