Linha C do RER

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Linha C do RER, ou simplesmente chamada RER C, é linha do RER, Rede Expressa Regional, que atravessa a Região Parisiense, com muitos ramos. Ele conecta a oeste Pontoise, Versailles-Rive-Gauche e Saint-Quentin-en-Yvelines, por um lado, e ao sul Massy-Palaiseau, Dourdan e Saint-Martin-d'Étampes, e por Versailles por um traçado quase circular, passando pelo centro de Paris. Ela é operada pela SNCF.

Inaugurada em 1979, a Linha C se estendeu gradativamente até 2000. A linha da Rede se tornou oficialmente RER desde 1980. Anteriormente, ela foi chamada Transversale Rive Gauche.

História[editar | editar código-fonte]

A Linha C surgiu a partir da ideia de se conectar a Gare d'Orsay (atual Gare du Musée d'Orsay) à Gare des Invalides. Em 1964, houve um projeto e criação do RER, e dentre esse plano deveria se interligar essas duas estações. Com o RER criado, foi construida a interligação, inaugurada em 1979. A linha uniu a Ligne des Invalides e os trens urbanos que partiam da Gare d'Austerlitz. Em 2000, a linha se estendeu a Pontoise, e em 2006, o ramo de Argenteuil foi abandonado e passado para o Transilien, o sistema de trem urbano operado pela SNCF

Percurso[editar | editar código-fonte]

A linha vai de Pontoise (C1), Versailles – Rive Gauche (C5) e Saint-Quentin-en-Yvelines (C7) a Massy-Palaiseau (C2), Dourdan-la-Forêt (C4), Saint-Martin d'Étampes (C6) e Versailles – Chantiers (C8).

A linha passa por Versalhes, Torre Eiffel, Invalides, Gare d'Austerlitz, Bibliotéque François Mitterand, Orly, Massy e Saint-Quentin-en-Yvelines.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]