Linhas Aéreas Paulistas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Linhas Aéreas Paulistas – LAP foi uma companhia áerea brasileira fundada em 1943, que funcionou até 1951, quando foi comprada e incorporada ao Lóide Aéreo Nacional.

História[editar | editar código-fonte]

Linhas Aéreas Paulistas – LAP S.A. foi fundada em 1943 mas a primeira reunião de acionistas só foi realizada em 9 de fevereiro de 1945. Em junho de 1945 a companhia recebeu a autorização para operar e em 1946 seus vôos de São Paulo para Recife tiveram início, utilizado a rota da costa do Brasil. Posteriormente seus vôos foram estendidos de Recife até Campina Grande, na Paraíba.

Em fevereiro de 1947 a LAP começou a operar também entre São Paulo-Congonhas e o Rio de Janeiro-Santos Dumont. Em 1948 os serviços foram extentidos até Fortaleza e Natal. Em 1951 o Lóide Aéreo Nacional comprou e incorporou a companhia aérea.[1]

Frota[editar | editar código-fonte]

Frota da LAP[2]

Modelo Quantidade Período
14 Super Electra 1 1945-1947
Douglas DC-3/C-47 5 1946-1951
Curtiss C-46 Commando 1 1951-1954

Acidentes[editar | editar código-fonte]

Em 12 de Julho de 1951 um Douglas DC-3/C-47 de prefixo PP-LPG, operando um vôo do Lóide Aéreo Nacional mas com registro da LAP, voando de Maceió para Aracaju, após abortar o pouso em condições adversas em Aracaju, arremeteu e iniciou uma manobra para direita em baixa altitude. O avião caiu durante a manobra. Todos os 33 passageiros e tripulantes morreram, entre os mortos, o político Dix-Sept Rosado.

Referências

  1. "LAP – Linhas Aéreas Paulistas (Brasil)" . Aviação Brasil. http://www.aviacaobrasil.com.br/wp/empresas_aereas/nacionais_desativadas/LAP_-_Linhas_Aereas_Paulistas_Brasil. Retrieved 27 May 2010.
  2. Pereira, Aldo (1987). Breve História da Aviação Comercial Brasileira. Rio de Janeiro: Europa. p. 288.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (1991) . História Geral da Aeronáutica Brasileira: da criação do Ministério da Aeronáutica ao final da Segunda Guerra Mundial. 3. Belo Horizonte and Rio de Janeiro: Villa Rica Editoras Reunidas. p. 308.
  • Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (2005) . História Geral da Aeronáutica Brasileira: de janeiro de 1946 a janeiro de 1956 após o término da Segunda Guerra Mundial até a posse do Dr. Juscelino Kubitschek como Presidente da República. 4. Rio de Janeiro: GR3 Comunicação & Design. p. 353.
  • Pereira, Aldo (1987). Breve história da aviação comercial brasileira. Rio de Janeiro: Europa Empresa Gráfica e Editora. p. 288.