Litoria infrafrenata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaLitoria infrafrenata
White lipped tree frog cairns jan 8 2006.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Anura
Família: Hylidae
Género: Litoria
Espécie: L. infrafrenata
Nome binomial
Litoria infrafrenata
Günther, 1867

Litoria infrafrenata é a maior rela do mundo. Esta espécie é nativa das florestas tropicais do Queensland, Nova Guiné, Ilhas Bismarck e na Ilha Admiralty.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Uma Litoria infrafrenata castanha

A Litoria infrafrenata pode chegar a medir 13 centímetros. As fêmeas são maiores do que os machos, que só chegam aos 10 centímetros. O seu dorso é usualmente verde brilhante, apesar desta mudar dependendo da temperatura e do ambiente, e pode ser castanha. A superfície ventral é quase branca. O lábio inferior tem uma lista branca distintiva que continua até ao pescoço. Há listas brancas numa das faces dos membros posteriores, que pode tornar-se cor-de-rosa nos machos reprodutores. Estes animais têm tubérculos grandes nos dedos das patas posteriores, que o ajudam a trepar. As patas posteriores tem membrana interdigital completa, enquanto que nas patas anteriores esta é parcial.

Ecologia e comportamento[editar | editar código-fonte]

Jardim zoológico de Melbourne
Litoria infrafrenata, Cairns, Queensland, Austrália.

A Litoria infrafrenata' está distribuída na Austrália ao longo das áreas costeiras da Península do Cabo York e nos trópicos húmidos de Queensland. É a rela mais amplamente distribuída na região da Nova Guiné, indo desde o Este da Indonésia, através da Nova Guiné, pelas ilhas Bismarck e Admiralty no Norte. Vive em floresta tropical e está restrita a áreas abaixo de 1200 metros de altitude.

Tem um chamamento alto, semelhante a um latido, mas quando em stress produz um som semelhante ao miar de um gato. Os machos chamam durante a primavera e verão depois de chuvas, a partir da vegetação à volta do local de reprodução, normalmente um corpo de água estagnada.

A sua dieta consiste principalmente insectos e outro artrópodes. Pode viver até dez anos na Natureza.

Esta espécie de rã é conhecida por ter sido movimentada pelos produtores de fruta do norte da Austrália e tornando-se vulgar nas áreas a sul.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • (em inglês) Iskandar et al (2004). Litoria infrafrenata. 2006 IUCN Red List of Threatened Species. IUCN 2006. Acesso a 11 de Maio de 2006. Entrada inclui mapa de distribuição e justificação para a inclusão da espécie na categoria pouco preocupante
  • Menzies, J.I.. Handbook of Common New Guinea Frogs. [S.l.]: Wau Ecology Institute, 1976.
  • Cronin, L., 2001. Australian Reptiles and Amphibians, Envirobook, ISBN 0-85881-186-3

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies