Luka Bonačić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luka Bonačić
Informações pessoais
Nome completo Luka Bonačić
Data de nasc. 2 de Março de 1955 (59 anos)
Local de nasc. Split, Iugoslávia
Informações profissionais
Clube atual Irã Mes Kerman
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1969-1974
1974-1975
1979-1980
1980-1981
1985-1986
1986
Jugoslávia Hajduk Split
Suíça Grasshopper
Alemanha Bochum
Espanha CD Málaga
Austrália Footscray JUST
Austrália Melbourne Croatia
 ?

10 (0)
?
9 (3)
0 (0)
Times que treinou
1988-1989
1991-1992
1992-1994
1995-1996
1997-1998
1998-2000
2000-2001
2001-2002
2003-2004
2004-2005
2005-2006
2006
2006-2008
2008-2009
2009
2009-
Nova Zelândia Central AFC
Croácia NK GOŠK Dubrovnik
Croácia NK Pazinka
Croácia NK Varteks
Croácia Hajduk Split
Croácia NK Slaven Belupo
Eslovénia NK Mura
Croácia NK Hrvatski
Irã Foolad
Irã Esteghlal Ahvaz
Albânia Dinamo Tirana
Croácia Hajduk Split
Irã Sepahan
=Emirados Árabes Unidos Al-Nasr
Irã Foolad
Irã Mes Kerman

Luka Bonačić (2 de março de 1955) é treinador de futebol e ex-futebolista croata. Atualmente, ele é o técnico do Al-Nasr.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bonačić is conhecido como um treinador que dá chances aos jogadores mais jovens. Um exemplo disso ocorreu na temporada 1992/93, quando ele comandava o NK Pazinka e colocou Dado Pršo na equipe. No NK Slaven Belupo, ocorreu algo parecido, quando Bonačić Ivica Križanac no time titular.

O treinador também é tido como uma pessoa que não aceita interferências em seu trabalho. Ele já deixou clube porque os dirigentes tentaram impôr a escalação de determinado jogador.

Ele foi escolhido Treinador Croata do Ano em 1996, quando ele fez a equipe mediana do NK Varteks chegar à final da Copa da Croácia. Graças ao seu desempenho neste clube, ele foi treinar, em 1997, o Hajduk Split. netse clube, seu auxiliar técnico era Tomislav Ivić. Como Ivić pereferia um futebol defensivo e Bonačić queria uma tática ofensiva, criou-se um conflito de idéias. Apesar de fazer uma boa campanha, os dirigentes do clube demitiram Bonačić e promoveram Ivić a treinador. Bonačić ainda voltou ao clube na mesma temporada, mas não conseguiu ser campeão croata, já que o Dínamo de Zagreb foi o primeiro colocado.

Em 2006, ele foi atacado por um grupo de pessoas enquanto voltava ao seu flat, em Split. Achava-se que o ataque havia sido efetuado por torcedores do Hadjuk, mas depois a imprensa noticiou que ele teria ocorrido por possíveis desavenças do treinador com empresários. Meses depois do incidente, Bonačić decidiu deixar o comando do Hadjuk.

No mesmo ano 2006, ele aceitou uma proposta para treinar o Sepahan F.C., do Irã. O treinador começou bem no novo time e venceu a Hazfi Cup (Copa Iraniana). Na Liga dos Campeões da AFC, ele foi eliminado pelo Urawa Red Diamonds.

Em janeiro de 2008, ele assinou um contrato de 18 meses com o Al-Nasr.

Bandeira de CroáciaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas croatas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.