Marília Batista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marília Batista
Informação geral
Nome completo Marília Monteiro de Barros Batista
Também conhecido(a) como Princesinha do Samba
Nascimento 13 de abril de 1918
Origem Rio de Janeiro
País Brasil Brasil
Data de morte 9 de julho de 1990
Gênero(s) Samba
Instrumento(s) Violão
Piano
Período em atividade 1932-1988
Gravadora(s) Victor
Odeon
Musidisc
Rádio
Carnaval
Nilser
Afiliação(ões) As Três Marias

Marília Monteiro de Barros Batista (Rio de Janeiro, 13 de abril de 19189 de julho de 1990) foi uma cantora, compositora e instrumentista brasileira.

Uma das mais importantes intérpretes da obra de Noel Rosa, que gravou com ela em dupla seis de suas composições: De Babado, Cem Mil Réis, Provei, Quantos Beijos, Você Vai Se Quiser e Quem Ri Melhor. Em 1940, após a morte do compositor, lançou o seu Silêncio de Um Minuto, um clássico. Dona de timbre grave característico, ela mesma compositora de recursos, dedicou-se a divulgar preferencialmente a obra de Noel Rosa. De sua própria autoria é, por exemplo, o samba Menina Fricote, imortalizado em disco por Araci de Almeida:

Não sei que doença deu na Risoleta>
Que agora só gosta de ouvir opereta
Está cheia de prosa, cheia de orgulho, cheia de chiquê
E faz fricote como o quê.
Não canta mais samba
Só quer imitar Lucienne Boyer:
Parlez-moi d´amour...
Só quer l´argent, l´argent toujours.
(Menina Fricote, de Marília e Henrique Batista, trecho)

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]