Mariano Rivera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Baseball pictogram.svg Mariano Rivera
Mariano Rivera allison 7 29 07.jpg
Informações pessoais
Nome completo Mariano Rivera
Data de nasc. 29 de novembro de 1969 (45 anos)
Local de nasc. Cidade do Panamá, Panamá Panamá
Altura 1,88 m
Peso 83 kg
Apelido Godfather (Poderoso Chefão)
Informações profissionais
Clube atual Estados Unidos New York Yankees
Número 42
Posição Arremessador
Rebate Direito
Lança Direito
Clubes principais
1995-2013 Estados Unidos New York Yankees

Mariano Rivera (Cidade do Panamá, 29 de novembro de 1969) é um ex-jogador panamenho de beisebol, que jogou a carreira toda pelo New York Yankees da MLB. Era arremessador destro, atuando na sub-posição de fechador, entrando nas últimas entradas da partida, para garantir a vitória de sua equipe.

Rivera começou atuando na sub-posição de arremessador titular pelo New York Yankees na temporada de 1995, sendo posteriormente movido para o bullpen, onde foi bem-sucedido. Depois de atuar como homem de set-up na temporada de 1996, foi convertido para fechador em 1997. Ele continuou nos Yankees até 2013, quando se aposentou.[1]

Rapidamente, Rivera se tornou um dos melhores fechadores da Major League Baseball, tendo vencido o prêmio 'Rolaids Relief of the Year' (dado ao melhor arremessador reserva da Liga em uma temporada) quatro vezes, além de bater vários recordes na MLB.

Para muitos especialistas, Rivera é o maior arremessador reserva da história dos Playoffs da Major League Baseball,[2] [3] e o melhor fechador da história do beisebol. [4] [5] [6] [7] Além de possuir o segundo maior número de salvamentos em uma temporada regular da história da MLB, Rivera é o líder de salvamentos e de ERA das Major Leagues na pós-temporada.[8] [9] Em sua carreira jogando pelos Yankees, Rivera venceu cinco Séries Mundiais e foi eleito para o Jogo das Estrelas da MLB treze vezes.

Rivera é famoso por seu arremesso principal, uma bola rápida que após lançada "quebra" sutilmente, enganando o rebatedor adversário. Ele é o último jogador ativo da MLB a usar o uniforme de número 42, o qual foi aposentado em 1997 em homenagem a Jackie Robinson, o primeiro jogador negro da Liga. [10]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

  • 13× selecionado para o All-Star Game (1997, 1999, 2000, 2001, 2002, 2004, 2005, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011, 2013)
  • 5× Campeão da World Series (1996, 1998, 1999, 2000, 2009)
  • MVP da World Series: (1999);
  • Lider em saves durante a temporada regular (603)
  • Líder em saves na pós-temporada (42)


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mariano Rivera

Referências

  1. "Closing Scene: Hugs and Tears in Rivera’s Last Home Game". Página acessada em 29 de setembro de 2013.
  2. Yankees closer will return for game Associated Press (12 de outubro de 2004). Visitado em 9 de agosto de 2006.
  3. Verducci, Tom (1 de junho de 2004). Gotta get to Mo Sports Illustrated. Visitado em 17 de maio de 2008.
  4. Pedulla, Tom (3 de outubro de 2005). Yankees' Rivera saves best for last USA Today. Visitado em 17 de maio de 2008.
  5. O'Dwyer, Kieran (27 de julho de 2006). A cutter above The Sporting News. Visitado em 9 de agosto de 2006.
  6. Kornheiser, Tony (16 de fevereiro de 200). Time to Put Away the Sox Washington Post. Visitado em 9 de agosto de 2006.
  7. Buster Olney (28 de junho de 2004). The Confidence Man: Inside the mind of baseball’s greatest closer, Mariano Rivera. New York Magazine. Visitado em 18 de maio de 2008.
  8. Career Pitching Postseason Leaders Baseball-Reference.com. Visitado em 10 de outubro de 2006.
  9. Yankees sign right-handed closer Mariano Rivera to a three-year contract MLB.com (17 de dezembro de 2008). Visitado em 8 de outubro de 2008. This source establishes the language that he is the all-time leader (while also clarifying the minimum innings pitched to be eligible).
  10. Rivera 'blessed' to wear No. 42 MLB.com. Visitado em 27 de julho de 2007.