Meridiano (acupuntura)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Zhongwen.svg Este artigo contém texto em chinês.
Sem suporte multilingue apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de caracteres chineses.
O Meridiano do Vaso Governador (Tou Mo)

Meridiano é um dos nomes pelos quais são conhecidos os "canais de energia" (经络 - Jīng Luò), utilizados na acupuntura e outros métodos terapêuticos da medicina tradicional chinesa.

Estes canais, são citados abundantemente na literatura chinesa. Como por exemplo, no "Nei Jing" (内經) , atribuído a Huang Ti, em mais ou menos 500 a.C.

As energias[editar | editar código-fonte]

Segundo esta literatura, existem vários tipos de energias, o Qi (氣), que percorrem o corpo. A energia que recebemos de nossos ancestrais, a energia que adquirimos pelo ar e alimentos, que circula internamente, e a energia protetora, que circula mais externamente.

Os meridianos são os canais por onde o Qi (também grafado Chi ou Ki) percorrem o corpo. Através de estímulos em determinados pontos do meridiano, pode-se reequilibrar as energias do corpo e de órgãos.

Classificação dos meridianos[editar | editar código-fonte]

Existem várias formas de classificar/agrupar os meridianos, dependendo dos pontos de referências relacionados. Como por exemplo:

  • meridianos Yin ou Yang (veja também: yin yang);
  • meridianos principais, também conhecidos por regulares. Existem em pares (bilaterais - um para cada lado direito/esquerdo do corpo). São em número de 12 pares. Eles estão relacionados com órgãos, vísceras ou funções. Existe ainda uma classificação dos elementos chineses para estes meridianos: metal (ar), água, madeira, fogo e terra.
  • meridianos extraordinários, também conhecidos por vasos maravilhosos, particulares, curiosos ou estranhos. São em número de 8.
  • meridianos distintos. São em número de 12.
  • meridianos tendino-musculares. São em número de 12.
  • Vasos Lo longitudinais e transversais.

Os Meridianos Principais[editar | editar código-fonte]

ilustrações do livro de Andreas Cleyer (1634-1698), "Specimen Medicinae Sinicae", 1682

Os 12 meridianos princípais podem ser melhor visualizados nesta tabela.

Meridiano Nome Chinês Sigla Polaridade Total de Pontos
Pulmão Fei (肺經) P Yin 11
Intestino Gosso Da Chang (大腸經) IG Yang 20
Estômago Wei (胃經) E Yang 45
Baço/Pâncreas Pi (脾經) BP Yin 21
Coração Xin (心經) C Yin 9
Intestino Delgado Xiao Chang (小腸經) ID Yang 19
Bexiga Pang Guan (膀胱經) B Yang 67
Rins Shen (腎經) R Yin 27
Pericárdio Xin Bao (心包經) PC Yin 9
Triplo Aquecedor San Jiao (三焦經) TA Yang 23
Visícula-biliar Dan (膽經) VB Yang 44
Figado Gan (肝經) F Yin 14

Ordem e fluxo energético[editar | editar código-fonte]

As energias percorrem os meridianos por uma ordem específica (como pulmão, intestino grosso, estômago, …).

Também existe um sentido determinado, em relação as divisões do corpo: cabeça, tronco e membros. Na acupuntura o fluxo da energia segue os seguintes sentidos:

  • do tronco para as mãos,
  • das mãos para cabeça,
  • da cabeça para os pés,
  • dos pés para o tronco (e novamente para as mãos).

Assim, unindo estes dois princípios (a sequência dos meridianos e a ordem nas divisões do corpo), podemos deduzir a seguinte disposição geral dos meridianos:

|Pulmão (P) ||tronco ||mãos |- |Intestino Grosso (IG) ||mãos ||cabeça |- |Estômago (E) ||cabeça || pés |- |Baço (BA) ||pés || tronco |- |Coração (C) ||tronco || mãos |- |Intestino Delgado (ID) ||mãos || cabeça |- |Bexiga (B) ||cabeça || pés |- |Rins (R) ||pés|| tronco |- |Pericárdio (PC) ||tronco || mãos |- |Triplo Aquecedor (TA) ||mãos|| cabeça |- |Vesícula-biliar (VB) ||cabeça || pés |- |Figado (F) ||pés || tronco |- |}

Esta visão geral, permite-nos verificar que existe uma relação natural (seqüência) entre o fluxo da energia que passa pelos meridianos. Assim um bloqueio da energia no meridiano do Pulmão pode diminuir a energia do meridiano subseqüente ou seja o meridiano do Intestino Grosso.

Existem muitas outras relações entre os meridianos. Estas relações formam os princípios e técnicas de tratamento utilizados na acupuntura, tuiná, (conhecido no ocidente como do-in), shiatsu e outras forma de tratamento baseadas nos meridianos.

Basicamente, todas as técnicas e princípios visam o reequilíbrio das energias dos meridianos e do corpo como um todo.

Horários em que a energia passa por cada um dos 12 meridianos[editar | editar código-fonte]

Horários meridianos.jpg
+---------+----+--------------------+
| Horários|    | Meridianos         |
+---------+----+--------------------+
| 23-01h  | Vb | Vesícula Biliar    |
+---------+----+--------------------+
| 01-03h  | F  | Fígado             |
+---------+----+--------------------+
| 03-05h  | P  | Pulmão             |
+---------+----+--------------------+
| 05-07h  | iG | Intestino Grosso   |
+---------+----+--------------------+
| 07-09h  | E  | Estômago           |
+---------+----+--------------------+ 
| 09-11h  | BP | Baço-Pâncreas      |
+---------+----+--------------------+
| 11-13h  | C  | Coração            |
+---------+----+--------------------+
| 13-15h  | iD | Intestino Delgado  |
+---------+----+--------------------+
| 15-17h  | B  | Bexiga             |
+---------+----+--------------------+
| 17-19h  | R  | Rins               |
+---------+----+--------------------+
| 19-21h  | Pc | Pericárdio         |
+---------+----+--------------------+
| 21-23h  | TA | Triplo Aquecedor   |
+---------+----+--------------------+

Os Meridianos extraordinários[editar | editar código-fonte]

Os 8 meridianos extraordinários ou vasos maravilhosos.

Nome Sigla Polaridade
Sistema Nervoso/Vaso governador Du Mai (Tou Mo) SN ou VG Yang
Vaso da Concepção Ren Mai (Jenn Mo) VC Yin
Chong Mai (Chong Mo) - Yin
Dai Mai (Tae Mo) - Yang
Yin Qiao Mai (Yin Keo Mo) - Yin
Yang Qiao Mai (Yang Keo Mo) - Yang
Yin Wei Mai (Yin Oe Mo) - Yin
Yang Wei Mai (Yang Oe Mo) - Yang

Meridianos Distintos[editar | editar código-fonte]

Dos meridianos distintos seis são oriundos dos 12 meridianos principais (com exceção ao VC e o VG) e conduzem a energia destes para o interior do corpo

Meridianos Tendino-musculares[editar | editar código-fonte]

Os meridianos tendino-musculares são relacionados aos 12 meridianos principais, mas se localizam externamente. Neles circulam as energias defensivas protetoras…

Pontos dos meridianos[editar | editar código-fonte]

Cada meridiano tem vários pontos definidos, por onde se pode atuar para interferir na energia que o percorre. As formas mais comuns de atuação são: a agulha (geralmente de metal, embora haja relatos sobre agulhas de pedra na história antiga da acupuntura chinesa), a moxa (ou pequeno "incenso" colocado sobre a pele), ou ainda a pressão dos dedos.

Cada ponto tem uma característica determinada para atuar na energia do meridiano. Existem, por exemplo, pontos para tonificação (aumentar o fluxo de energia no meridiano), pontos de sedação (diminuir o fluxo de energia no meridiano), pontos de alarme (pontos doloridos que avisam sobre alterações importantes nas energias do meridianos), pontos de origem, pontos de união e outros.

Pontos perigosos[editar | editar código-fonte]

De acordo com Chen, 1997, muitos livros textos clássicos de acupuntura descreveram contra-indicações anatômicas quando usados certos pontos de Acupuntura. O Huang Di (Huangdi) Nei Jing (Livro do Imperador Amarelo) estabeleceu que o "cuidado deve ser tomado com a manipulação da agulha sobre importantes órgãos internos frágeis"; "penetração da agulha sobre a região torácica (musculo peitoral) pode perfurar o pulmão causando pneumotórax com tosse e dificuldade de respiração; "penetração da agulha em direção à bexiga do abdômen inferior pode perfurar a bexiga causando drenagem de urina ao abdômen inferior"; "penetração de agulha ao forame supra orbitário pode perfurar os vasos supra orbitários induzindo o sagramento maciço e causando cegeira"; penetração da agulha para o crânio pode perfurar o cérebro, induzindo lesão cerebral ou sangramento maciço que pode levar a morte imediata".

Esse mesmo autor seleciona 15 pontos entre os mais comumente usados como perigosos, a saber: B1 (Bexiga /Jing Ming); B15 (HsinShu); B51 (HuangMen);E1 (Estômago / ChengQi); E2 (Sibai); E9 (JenYing); E12 (Que Pen); E18 (JuKen); VB21 (Vesícula Biliar / ChienChing); VB20 (FengChih); VB24 (JihYueh); VC22 (Vaso da Concepção / TienTu); VG16 (Vaso Governador/ Feng Fu) além dos pontos extras da cabeça e pescoço em especial o Jing Bi

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Chen, Eachou. Anatomia topográfica dos pontos de acupuntura. SP, Roca, 1997

Ding, Li. Acupuntura, teoria do meridiano e pontos de acupuntura. São Paulo; Roca, 1996. ISBN 85-7241-142-9

Hecker, Hans-Ulrich; Steveling, Angelika; Peuker, Elmar; Kastner, Joerg; Liebchen, Kay. Color Atlas of Acupuncture: Body Points, Ear Points, Trigger Points. Stuttgart, MVS Medizinverlage, 2001 Google Books Acesso Dez. 2014

Livro dos 4 Institutos – Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Beijing; Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Shanghai; Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Nanjig; Academia de Medicina Tradicional Chinesa. Fundamentos essenciais da acupuntura chinesa. SP, Ed. Ícone, 1995 ISBN 85-274-0331-5

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Meridiano (acupuntura)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]