Miguel Guedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Miguel Nuno Guedes Serôdio de Matos Silva mais conhecido por Miguel Guedes[1] (Porto, 10 de Maio de 1972) é licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra. É músico, autor e intérprete, vocalista dos Blind Zero.

Desempenha as funções de Director da GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas intérpretes e executantes) no Porto, no âmbito da gestão, cobrança e distribuição de Direitos conexos, sendo o representante da GDA na PassMúsica, marca encarregada da cobrança da comunicação pública de música gravada em Portugal.

Colaborações[editar | editar código-fonte]

[D] Gravado

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

É elemento do painel de comentadores do programa radiofónico "Grandes Adeptos", que sucedeu a "Novos Artistas da Bola" e a "Artistas da Bola" na Antena 1 desde 2004. É elemento do painel de comentadores do programa "Trio d'Ataque" na RTPInformação desde 2010.

É colunista semanal do "Jornal de Notícias" e do jornal "I". Foi colunista semanal do “Público”, entre 2004 e 2006, colunista do "Jornal de Notícias" em 2008 e da revista "Focus" em 2009. Foi Director-adjunto e editor da revista “Cânhamo” (a primeira revista sobre substâncias psicotrópicas em Portugal).

Foi director do Centro de Estudos Cinematográficos de Coimbra, tendo trabalhado, também, como realizador e locutor na Rádio Universidade de Coimbra. Colabora regularmente com a comunicação social, como colunista e conferencista em temas relacionados com as áreas da cultura, desporto e das ciências sociais.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Certidão de lista de associadas da Audiogest (pdf) IGAC/Ministério da Cultura (2007-07-25). Página visitada em 6 de Janeiro de 2014. Cópia arquivada em 24 de Dezembro de 2013.


Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.