Jornal de Notícias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jornal de Notícias
Entrada do edifício do JN, no Porto.
Razão social S.A.
Periodicidade Diário
Formato Berlinense
Proprietário Global Media Group
Diretor Afonso Camões[1]
Fundação 1888
Sede Porto
Página oficial JN.pt

O Jornal de Notícias MH M, também conhecido por JN, é um jornal diário português,[2] fundado em 1888, no Porto. Foi um dos jornais de maior expansão em Portugal, especialmente a seguir à Revolução do 25 de Abril. Tem uma tiragem média de 63 mil exemplares[3] , o que o coloca em 2.º lugar entre os jornais diários de informação geral em Portugal. Pertence ao grupo Global Media Group.

A 4 de agosto, Manuel Tavares anunciou que iria deixar a direção do jornal, sendo substituído por Alfredo Leite como diretor interino até setembro.[4] A 1 de outubro 2014, Afonso Camões, assumiu o cargo de director do JN.[5]

Suplementos[editar | editar código-fonte]

  • Suplemento Notícias Magazine ou NM (semanal, ao domingo);
  • Suplemento Dinheiro Vivo (semanal, ao sábado);
  • Suplemento Notícias IN (semanal, ao sábado);
  • Suplemento Notícias TV ou NTV (semanal, à sexta-feira);
  • Suplemento JN TUTI Classificados (diário).

Referências

  1. [1]
  2. Banca de Jornais SAPO Noticias.sapo.pt. Visitado em 6 de janeiro de 2015.
  3. APTC Analise simples, recuperado em janeiro 2015
  4. Manuel Tavares deixa a direcção do Jornal de Notícias Público (04-08-2014). Visitado em 06-08-2014.
  5. Afonso Camões vai ser o novo director do Jornal de Notícias, Económico, 30 de setembro 2014

Weblinks[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.