Morro da Providência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Morro da Providência é um morro situado entre os bairros do Santo Cristo e da Gamboa, na zona portuária da cidade brasileira do Rio de Janeiro. Em suas encostas localiza-se uma favela com o mesmo nome.

História[editar | editar código-fonte]

Morro da Providência

A ocupação do Morro da Providência surgiu a partir de uma promessa que o governo fez aos soldados do Rio de Janeiro enviados à Guerra de Canudos, que consistia em entregar-lhes residências caso saíssem vitoriosos. Ao retornarem ao Rio de Janeiro 1897 e verem a promessa não ser cumprida, os soldados se apropriaram de uma região de morro, que passou a partir daí a ser chamado de Morro da Providência, em referência à providência tomada pelos soldados. O Morro da Providência passou a ser chamado de Morro da Favela em referência a um dos morros junto aos quais a cidadela de Canudos foi construída, assim batizado em virtude da planta Cnidoscolus quercifolius (popularmente chamada de favela) que encobria a região.

A partir da associação do nome "favela" com os soldados, o morro popularmente passou a ser conhecido como morro da Favela.[1] [2]

A ocupação deflagrou-se entre o final do século XIX e o início do XX, a partir da grande reforma urbana imposta pelo engenheiro Pereira Passos,[3] quando vários cortiços e habitações populares do centro foram devastados e a população pobre, transferida para os morros nas adjacências do centro.[3]

No fim do ano de 1910, o morro da Favela era considerado o lugar mais violento do Rio de Janeiro.[1]

O nome favela estendeu-se a outros morros e, na década de 1920, as ocupações de colinas com barracos e casebres passaram a ser conhecidas como favelas.[1]

Atualidade[editar | editar código-fonte]

O morro abriga a comunidade da escola de samba Vizinha Faladeira, campeã do carnaval de 1937.

Em 25 de abril de 2010 a comunidade passou a ser atendida pela 7° UPP com o efetivo de 208 policiais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Aldeias do mal. Revista de História da Biblioteca Nacional, 1 de outubro de 2007
  2. Contribuição para o debate atual sobre as favelas do Rio. Portal Vitruvius, 3 de outubro de 2005
  3. a b ABREU, M. – "Evolução Urbana do Rio de Janeiro" 1988 – Editora Jorge Zahar

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.