Ningishzida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O símbolo de Ningizzida entre dois grifos, c. 2000 a.C.

Ningishzida na mitologia mesopotâmica era uma deidade do submundo, patrona da medicina e associada à natureza e à fertilidade. Seu nome significa O Senhor da Boa Árvore. Nos mitos sumérios ele aparece como guardião do palácio de Anu, junto com Dumuzi. Era representado como uma serpente com cabeça humana, seus símbolos eram duas serpentes enroscadas em torno de um bastão, como no caduceu mercuriano, ou uma serpente chifruda. Seu pai era Ninazu e sua esposa Ninazimua ou Dazimua.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi elaborado a partir de tradução do artigo Ningishzida, da Wikipédia em inglês, que se encontrava nesta versão.
Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.