Nogueira (Braga)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Nogueira  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Igreja de Nogueira
Igreja de Nogueira
Nogueira-loc.png
Nogueira está localizado em: Portugal Continental
Nogueira
Localização de Nogueira em Portugal Continental
41° 31' 41" N 8° 24' 47" O
Concelho primitivo Braga
Concelho (s) atual (is) Braga
Freguesia (s) atual (is) Nogueira, Fraião e Lamaçães
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 5,2 km²
População (2011)
 - Total 8 500
    • Densidade 1 634,6/km2 

Nogueira foi uma freguesia portuguesas do concelho de Braga, com 5,22 km² de área e 5 924 habitantes (2011)[1] . Densidade: 1 134,9 hab/km².

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada às freguesias de Fraião e Lamaçães, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Nogueira, Fraião e Lamaçães da qual é a sede.[2]

Demografia[editar | editar código-fonte]

               Evolução da População Entre 1864 e 2011                 

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011;

                 Os Grupos Etários Em 2001 e 2011                   

A População em 2001; A População em 2011

Heráldica[editar | editar código-fonte]

O brasão, selo e bandeira da Freguesia de Nogueira foram aprovados por unanimidade e aclamação em Assembleia Ordinária de Freguesia de 2 de Outubro de 1992, sendo publicado no Diário da República nº 255, III Série de 4 de Novembro de 1992, resultado da criação do consagrado artista bracarense Eduardo Esperança, iluminurista e heraldista, sendo a descrição de autoria do Dr. Artur Norton, assessor na Universidade do Minho, investigador no campo da armaria e heráldica.

Da aprovação em Assembleia de Freguesia de 2 de Outubro de 1992, resultou a seguinte Moção de Congratulação: "A Assembleia de Freguesia de Nogueira regozija-se com a criação histórica do Brasão de Armas, Bandeira e selo branco desta Freguesia, símbolo de trabalho, cultura e de progresso que identificará a génese desta terra que já foi administrada, nos longínquos anos de 1008 a 1027 pela Condessa D. Toda, que governou o Condado Portucalense e era sogra de D. Afonso VI, Rei de Leão e Castela. Em 1103 foram doadas três quartas partes desta Freguesia à Sé de Braga para restauração da Diocese de Braga, pretendida pelo Bispo D. Pedro. O Escudo Ibérico com a nogueira, árvore que originou o nome a esta Freguesia, troncada de sua cor, folhada de verde, simboliza a cultura e a fertilidade desta terra. As nozes de oiro exemplificam o esplendôr de toda a sua riqueza. A bandeira de Nogueira que deverá flutuar nos dias solenes, ostentando ao centro o Brasão de Armas desta laboriosa Freguesia é de cor verde e simboliza a esperança de um progresso sadio. O Selo Branco circular tendo ao centro a nogueira das armas firmadas num terrado autenticará a identidade histórica da Freguesia. Parabéns à Junta de Freguesia de Nogueira por tamanho feito histórico que honrará os Nogueirenses vindouros que com certeza pronunciarão os mais agradáveis elogios".

Brasão de Armas[editar | editar código-fonte]

Escudo Ibérico de Prata com uma Nogueira troncada de sua cor, folhada de verde e frutada de ouro, firmada num terrado em campanha de verde.

Listel de Branco com os dizeres em caracteres maiúsculos de negro "Nogueira".

Coroa mural de prata de três torres, abertas, frestadas e lavradas de negro.

Selo

Circular, tendo ao centro a Nogueira das armas firmadas num terrado, sem indicação dos esmaltes e cores. Em volta, dentro de círculos concêntricos os dizeres em caracteres maiúsculos "JUNTA DE FREGUESIA DE NOGUEIRA".

Bandeira

De verde, cordões e borlas de prata e verde. Lança de ouro e haste de prata.

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano) (em português). Instituto Nacional de Estatística. Página visitada em 6 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013. "Informação no separador "Q601_Norte""
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.