O Fenótipo Estendido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
The Extended Phenotype
Autor (es) Richard Dawkins
País  Reino Unido
Assunto Biologia evolutiva
Editora Oxford University Press
Lançamento 1982
Páginas 307
ISBN 0-19-286088-7
Cronologia
Último
Último
O Gene Egoísta
O Relojoeiro Cego
Próximo
Próximo

O Fenótipo Estendido é um livro do biólogo Richard Dawkins publicado em 1982. Neste livro Dawkins retoma as idéias do seu primeiro livro, O Gene Egoísta, em que expunha sua teoria de que os organismos vivos são máquinas de sobrevivência construídas pelos genes para maximizar suas chances de replicação.

Numa exposição mais técnica e pormenorizada, Dawkins devota uma parte significativa deste novo livro para refutar críticas da idéia do gene egoísta e esclarecer quaisquer mal-entendidos a respeito do livro anterior.

Na maior parte do livro, entretanto, argumentando que a única coisa que os genes controlam diretamente é a síntese de proteínas, Dawkins aponta para a arbitrariedade que é restringir a idéia do fenótipo somente para a expressão fenotípica dos genes de um organismo em seu próprio corpo. Dawkins desenvolve a idéia de que um gene tem influência no ambiente em que vive o organismo através do modo como o gene manipula o comportamento deste organismo.

Ao levar essa série de argumentos adiante, Dawkins visa reforçar uma visão de vida centrada nos genes.