O Fenótipo Estendido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Abril de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
The Extended Phenotype
Autor (es) Richard Dawkins
País  Reino Unido
Assunto Biologia evolutiva
Editora Oxford University Press
Lançamento 1982
Páginas 307
ISBN 0-19-286088-7
Cronologia
Último
Último
O Gene Egoísta
O Relojoeiro Cego
Próximo
Próximo

O Fenótipo Estendido é um livro do biólogo Richard Dawkins publicado em 1982. Neste livro Dawkins retoma as idéias do seu primeiro livro, O Gene Egoísta, em que expunha sua teoria de que os organismos vivos são máquinas de sobrevivência construídas pelos genes para maximizar suas chances de replicação.

Numa exposição mais técnica e pormenorizada, Dawkins devota uma parte significativa deste novo livro para refutar críticas da idéia do gene egoísta e esclarecer quaisquer mal-entendidos a respeito do livro anterior.

Na maior parte do livro, entretanto, argumentando que a única coisa que os genes controlam diretamente é a síntese de proteínas, Dawkins aponta para a arbitrariedade que é restringir a idéia do fenótipo somente para a expressão fenotípica dos genes de um organismo em seu próprio corpo. Dawkins desenvolve a idéia de que um gene tem influência no ambiente em que vive o organismo através do modo como o gene manipula o comportamento deste organismo.

Ao levar essa série de argumentos adiante, Dawkins visa reforçar uma visão de vida centrada nos genes.