O Gene Egoísta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Selfish Gene
O Gene Egoísta
Autor (es) Richard Dawkins
País  Reino Unido
Assunto Biologia evolutiva
Editora Oxford University Press
Lançamento 1976
Páginas 224
ISBN 0-19-857519-X
Edição portuguesa
Tradução António Bracinha Vieira
Editora Gradiva
Lançamento 1989
Páginas 317
ISBN 972-662-127-5
Edição brasileira
Tradução Rejane Rubino
Arte de capa Fabio Uehara
Editora Companhia das Letras[1]
Lançamento 16 de novembro de 2007
Páginas 544
ISBN 9788535911299
Cronologia
Último
Último
O Fenótipo Estendido
Próximo
Próximo

O Gene Egoísta (1976) é o primeiro livro de Richard Dawkins, onde ele apresenta uma teoria que procura explicar a evolução das espécies na perspectiva do gene e não do organismo, ou da espécie[2] .

Segundo ele, o organismo é apenas uma "máquina de sobrevivência" do gene, cujo objetivo é a sua auto-replicação e onde a espécie onde ele existe é a "máquina" mais adequada a essa perpetuação. Analisando o comportamento de algumas espécies animais, Dawkins explica que o altruísmo que se observa em muitas espécies não é contraditório com o egoísmo do gene, mas contribui para a sua sobrevivência.

Segundo alguns, a teoria lançada por Dawkins pode ser interpretada como uma afirmação do liberalismo (do egoísmo como característica fundamental dos seres vivos, onde o altruísmo, quando existe, é apenas uma forma de perpetuar o indivíduo)[3] .

Neste livro, Dawkins reformula igualmente o conceito de meme, ou seja, o equivalente cultural do gene, a unidade básica da memória ou do conhecimento, que o ser humano transfere conscientemente para os seus descendentes.

Dawkins afirma no Prefácio da primeira edição que os conceitos elaborados neste livro não são de sua autoria, uma vez que já tinham sido formulados por George C. Williams, J. Maynard Smith, W. D. Hamilton e R. L. Trivers[4]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Steven Rose (especialista em biologia e neurobiologia) afirma no seu livro "Not in Our Genes" que essa visão é reducionista, e também critica a psicologia evolutiva e o determinismo biológico contido nas idéias de Dawkins.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Sociobiologia

Robert Trivers | Richard Dawkins (O Gene Egoísta, meme) | W. D. Hamilton | Edward Osborne Wilson || Seleção natural


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.