Onda de calor no Hemisfério Norte em 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A onda de calor no Hemisfério Norte em 2010 foi uma onda de calor que atingiu a maioria dos Estados Unidos, Cazaquistão, Mongólia, Taiwan, China, Norte de África e Europa, incluindo partes do Canadá, Rússia, Indochina, Coreia do Sul e Japão, durante os meses de Maio, Junho, Julho e Agosto de 2010.

Rússia[editar | editar código-fonte]

O mês de Agosto de 2010 foi o período mais quente na Rússia em mil anos.[1] Muitas áreas desse país enfrentaram incêndios florestais, sendo os arredores de Moscovo uma das áreas mais afetadas. Para além dos mortos no combate aos incêndios, morreram milhares de pessoas, especialmente idosos, devido às altas temperaturas.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre ambiente é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.