Ouro Negro - A Saga do Petróleo Brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ouro Negro - A Saga do Petróleo Brasileiro
 Brasil
2009 • cor • 115 min 
Direção Isa Albuquerque
Roteiro Isa Albuquerque / Duba Elia / Diana Nogueira / Ana Lúcia Andrade
Elenco Danton Mello
Thiago Fragoso
Luiza Curvo
Maria Ribeiro
Odilon Wagner
Género drama épico
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Ouro Negro - A Saga do Petróleo Brasileiro é um filme brasileiro de 2009,[1] do gênero drama épico, dirigido por Isa Albuquerque.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme trata da aventura da descoberta do petróleo no Brasil a partir dos anos 10, e dos pioneiros idealistas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Danton Mello.... João Martins
  • Thiago Fragoso.... Pedro Gosch
  • Luiza Curvo.... Luísa Gosch Martins
  • Maria Ribeiro.... Camila Camargo Mattos
  • Odilon Wagner.... dr. José Gosch
  • Chico Diaz.... Vicente Camargo
  • Malu Galli.... Mariana Amorim Gosch
  • Daniel Dantas.... Inocêncio Amorim
  • Felipe Kannenberg.... Otto Manheimer
  • Walter Rosa.... Paulo Mattos
  • Dorgival Júnior.... João Martins (13 anos)
  • Felipe Latgé.... Pedro Gosch (10 anos)
  • Clara Mendonça.... Camila Camargo (13 anos)
  • Letícia Botelho.... Luísa Gosch (13 anos)
  • David Hermann.... dr. Harold Moore
  • Marília Passos.... cantora
  • Totoni Fragoso.... dr. Ramiro González
  • Raoni Ferreira.... Edgar (assistente de Camila)
  • Henrique Pires.... Oscar Cordeiro
  • Cris Bittencourt.... secretária do Palácio de Maceió
  • Almir Martins.... Manuel Bastos
  • Fernanda Diniz.... Maria ( cabaré )

Personagens principais[editar | editar código-fonte]

José Gosch

Alemão que veio para o Brasil e radicou-se em Riacho Doce (Alagoas), onde realizou pesquisas por treze anos; preparava-se para tentar a perfuração de um poço quando foi assassinado em 1918, em circunstâncias nunca esclarecidas.

João Martins

Afilhado de José Gosch, filho bastardo do sócio Inocêncio Amorim; é um personagem fictício que sintetiza a trajetória dos pioneiros do petróleo como Monteiro Lobato, Oscar Cordeiro, Manoel Bastos, e também do espírito empreendedor, idealista e nacionalista de uma época.

Luisa Gosch

Personagem fictícia que representa as mulheres tradicionais da época, voltadas para a casa, o marido, os filhos; casa-se com João Martins, por quem era apaixonada desde criança.

Pedro Gosch

Filho de José Gosch, representa os técnicos do governo federal na área de pesquisa do petróleo que realizaram importantes pesquisas de campo para o Departamento Nacional de Pesquisas Minerais (DNPM).

Dr. Harold Moore

Estadunidense radicado no Brasil, fundador do Serviço de geologia no país.

Otto Manheimer

Geólogo Lituano, é um técnico estrangeiro que trabalha para órgãos ligados à pesquisa de minerais no Brasil e desenvolve teses contrárias à descoberta do petróleo no país.

Paulo Mattos

Aviador cearense que participou de um vôo pioneiro transatlântico, aclamado como herói, passou a se interessar pela questão do petróleo. É Marido de Camila Camargo.

Vicente Camargo

Inspirado em militares nacionalistas, que tiveram participação decisiva para a nacionalização do petróleo durante o governo Vargas; durante sua luta, questiona porque técnicos do Serviço de Geologia negavam a existência de petróleo no Brasil.

Inocêncio Amorim

Sócio traidor de José Bach, ganha poderes em parceria com Otto Manheimer.

Camila Camargo

Personagem fictícia que representa as mulheres mais arrojadas dos anos 30, na vida pessoal e profissional; é casada com o aviador Paulo Mattos e, após a sua morte, assume a causa do petróleo e torna-se amante de João Martins.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Referências

  1. Ouro Negro. Visitado em 03 de dezembro de 2009.

Ver também[editar | editar código-fonte]