Oxidação de aminoácidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os seres vivos não são capazes de armazenar aminoácidos, nem proteínas. Consequentemente, satisfeitas as necessidades de síntese, os aminoácidos excedentes são degradados.

  • Em um indivíduo adulto saudável, com uma dieta adequada, a oxidação de aminoácidos responde por dez a quinze por cento de suas necessidades energéticas.

A degradação dos aminoácidos compreende a remoção e a excreção do grupo amino e a oxidação da cadeia carbônica remanescente. Estas reações são catalisadas por aminotransferases. O grupo amino é convertido a ureia e as 20 cadeia carbônicas resultantes são convertidas alfa-cetoácido, compostos comuns ao metabolismo de carbohidratos e lipídios, ou seja, piruvato, Acetil coenzima A e intermediários do ciclo de Krebs.

Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.