Pacific Overtures

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pacific Overtures
Direção Harold Prince
Coreografia Patricia Birch
Música Stephen Sondheim
Letra Stephen Sondheim
Produção 1976 Broadway
1972 off-Broadway(relançamento)
2003 Londres, West End
2004 Broadway (relançamento)
Prêmios Tony Awards
Melhor Cenário
Melhor Figurino

Pacific Overtures é um musical com letra e música de Stephen Sondheim, livreto escrito por John Weidman e material adicional por Hugh Wheeler. A história se passa no Japão de 1853, e segue a difícil ocidentalização do país, através da vida de dois amigos afetados neste processo, com todas as consequências deste contato nas antigas tradições, com séculos de existência, do país.[1] O título do musical é uma ironia, apontando para a "insinuação" como uma forma musical, ressaltando que as iniciativas das potências ocidentais para a exploração comercial da nação do Pacífico foram tudo menos "pacíficas" aberturas. Construído em torno de uma escala pentatônica quase japonesa, o musical mostra o contraste entre a contemplação e resignação dos japoneses, em canções como "There is No Other Way", com a ingenuidade ocidental, em "Please Hello" e "Pretty Lady".

O musical original da Broadway, de 1976, foi apresentado em estilo kabuki, com homens representando o papel de mulheres e com as mudanças de cenário e vestuário feitas na frente da platéia. Ele estreou com críticas mistas e encerrou a carreira com menos de seis meses de exibição, mesmo assim sendo indicado para dez prêmios Tony.

Através das décadas seguintes a seu lançamento, "Overtures" tem sido apresentado diversas vezes por companhias de ópera.

Produção[editar | editar código-fonte]

O musical estreou na Broadway, no Winter Garden Theatre, em 11 de janeiro de 1976,[2] com direção de Harold Prince, coreografia de Patricia Birch, cenário de Boris Aronson, vestuário de Florence Klotz e iluminação de Tharon Musser. No elenco original estavam Mako, Soon-Tek Oh, Yuki Shimoda, Sab Shimono, entre outros. Sua carreira durou até 27 de junho, completando um total de 176 apresentações.[2]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Indicado para dez Prêmios Tony, Pacific Overtures ganhou dois deles, Melhor Cenário (Aronson) e Melhor Vestuário (Klotz), também vencedores do Drama Desk Award.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kelly, Kleiman. Review:Pacific Overtures AISLESAY Chicago. Página visitada em 15/06/2011.
  2. a b Pacific Overtures Internet Broadway Database. Página visitada em 15/06/2011.
  3. Pacific Overtures Awards. Página visitada em 15/06/2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.