Palinca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A palinca (em romeno: Palincă; em russo: Pálinka) é uma bebida destilada de frutas tradicional da região dos Cárpatos, produzida tipicamente na Romênia e na Hungria e, em menor quantidade, na Áustria e na Eslováquia.

Em 2002, a Hungria solicitou à União Europeia o registro da palinca como a bebida nacional húngara. Em 2008, a União Europeia aceitou a "Pálinka" como uma especialidade húngara, podendo utilizarem-se da denominação somente os produtos fabricados na Hungria ou em quatro províncias da Áustria. Adicionalmente, a denominação de "Palincă" foi conferida à bebida produzida na Romênia. Na Romênia, a palinca representa 40% do consumo de bebidas destiladas.

Diversas frutas podem ser utilizadas para a fabricação da palinca, dentre as quais a ameixa é a mais usada. Palincas de maçã ou pera também são comummente encontradas.

A principal característica da palinca é a de ser obtida por um processo de destilação dupla, que a confere um teor alcoólico entre 40% e 70%. A palavra palinca é derivada do radical eslavônico "palit", que significa "queimar".