Particípio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na gramática, particípio é uma forma nominal de um verbo que tem várias funções, podendo funcionar como um substantivo, adjetivo, advérbio e também pode ser utilizada na construção de frases compostas.

Linguisticamente, a língua portuguesa apresenta dois particípios: o particípio passado (terminações -ado e -ido) e o particípio presente (terminações -ante, -ente e -inte). No entanto, a maioria dos gramáticos considera que existe apenas um particípio no português, o particípio passado. O gerúndio da língua portuguesa também pode desempenhar funções semelhantes a um particípio presente.

Utilização[editar | editar código-fonte]

Em português, um particípio utiliza-se sempre em conjunto com um ou mais verbo auxiliar que pode ser o ser, estar, ter ou haver.

Exemplos de frases que utilizam verbos na forma de particípio:

  • O arroz está cozido.
  • O carro está estacionado.
  • A carta já foi enviada.
  • Ela tem estudado todos os dias.
  • O prédio foi vendido.
  • Ele foi amado por todos que o amavam .

Particípio Curto (Irregular) e Longo (Regular)[editar | editar código-fonte]

A maioria dos verbos tem apenas uma forma de particípio. Há no entanto alguns verbos que apresentam duas formas para o particípio: o particípio curto (irregular) e o particípio longo (regular).

Exemplos de verbos nestas circunstâncias são:

  • entregar: entregue e entregado
  • salvar: salvo e salvado
  • pagar: pago e pagado
  • gastar: gasto e gastado

O particípio curto deve ser utilizado quando o verbo auxiliar é ser ou estar, em voz passiva.
O particípio longo deve ser utilizado quando o verbo auxiliar é ter ou haver, em voz ativa.[1]

Exemplos:

Eu já tinha entregado o meu trabalho quando descobri o erro.
O meu trabalho foi entregue ontem.

Obrigado por ter aceitado o nosso convite.
O convite foi aceito com todo o prazer.

Eu já houvera pagado quando me exigiram novo pagamento.
O bilhete estava pago quando me exigiram novo pagamento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.