Party Up (Up in Here)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Party Up (Up in Here)"
Single de DMX
do álbum ...And Then There Was X
Lado B D-X-L (Hard White)
Lançamento 6 de Junho de 2000
Formato(s) 12-inch single, CD Single
Gravação 1999
Gênero(s) Hip Hop, East Coast Rap
Duração 4:32
Gravadora(s) Ruff Ryders, Def Jam
Composição Earl Simmons & Kasseem Dean
Produção Swizz Beatz
Cronologia de singles de DMX
Último
Último
"What These Bitches Want"
(2000)
"We Right Here"
(2001)
Próximo
Próximo

"Party Up (Up in Here)" é uma canção do rapper DMX. É uma de suas canções mais reconhecidas e vem de seu terceiro álbum ...And Then There Was X, lançado em 1999. É a canção que alcançou a maior posição nas paradas de sua carreira, chegando ao número 27 na Billboard Hot 100.[1] Existem três versões da canção: a versão explícita/do álbum; a versão do álbum censurado; e uma versão editada do rádio/vídeoclipe. É o número 65 na lista das 100 Maiores Canções dos Anos 2000 da VH1.[2]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • Michael Phelps escuta "Party Up" antes de suas corridas, particularmente seu primeiro recorde mundial e antes dele ter entrado para o time olímpico dos EUA.
  • O clipe de "Party Up" foi filmado em Galveston, Texas onde hoje é o edifício Frost Bank.
  • A canção aparece na trilha sonora do filme Gone in Sixty Seconds (2000); ela toca no rádio de um Humvee roubado tentando escapar da polícia.
  • A canção também aparece em How High, um filme estrelado por Redman e Method Man, assim como nos filmes Like Mike, King's Ransom, Coyote Ugly, Hardball, First Sunday and Zack and Miri Make a Porno.
  • A canção apareceu em episódios das séries de TV Malcolm in the Middle, Eastbound and Down e King of Queens.
  • Depois que os Los Angeles Lakers ganharam o campeonato da NBA em 2000, no vestiário, eles estavam cantando a canção.
  • A canção faz insultos ao rapper Kurupt, por ter insultado DMX em "Calling Out Names" porque DMX estava tendo um caso com Foxy Brown, a ex-noiva de Kurupt.
  • É apresentada no começo de Dave Chappelle: Killin' Them Softly, um especial de comédia de Dave Chappelle.
  • O lutador profissional Elix Skipper veio com uma imitação/interpretação da canção (com suas próprias letras) como sua música de entrada quando estava na WCW, seguindo os passos de lutadores como Diamond Dallas Page & Chris Jericho, que também usavam imitações de canções populares como suas músicas de entrada.
  • A versão censurada também é usada nos vídeo games Def Jam Vendetta e Tiger Woods PGA Tour 2004.

Posições nas paradas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. allmusic (DMX > Charts & Awards > Billboard Singles)
  2. Anderson, Kyle (September 29, 2011). U2, Rihanna, Amy Winehouse, Foo Fighters fill out VH1's '100 Greatest Songs of the '00s' Entertainment Weekly Time Inc.. Visitado em June 24, 2012.
  3. Billboard Top 100 - 2000. Visitado em 2010-08-31.