Pastorinhos de Fátima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Pastorinhos de Fátima (também chamados de Os Três Pastorinhos) foram as três crianças portuguesas que viveram e testemunharam as chamadas aparições de Fátima, ocorridas entre 1916 e 1917, na Cova da Iria.

Os seus nomes eram:

Os pastorinhos tiveram durante o ano de 1916, três aparições de um Anjo, identificado como Anjo da Paz ou Anjo de Portugal. O relato destas aparições permaneceu em segredo até 1937, até Lúcia as divulgar, pela primeira vez, na designada obra Memórias da Irmã Lúcia I. A narração é mais completa dos restantes acontecimentos e o texto definitivo das orações do anjo foi, posteriormente, publicado na obra Memórias da Irmã Lúcia II, escrito em 1941.

Em 1917, as crianças assistiram a seis aparições de Nossa Senhora, entre 13 de Maio e 13 de Outubro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Pastorinhos de Fátima
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.