Petit gâteau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Petit gâteau, com sorvete de creme

Petit gâteau (do francês pequeno bolo, plural: petits gâteaux; pronuncia-se peti gatô) é uma sobremesa composta de um pequeno bolo de chocolate com casca crocante e recheio cremoso servido geralmente acompanhado de sorvete.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A história do petit gâteau é controversa, alguns defendem que ele foi criado na França, outros que foi criado pelo chef francês radicado em Nova Iorque Jean-Georges Vongetrichten ao errar na quantidade de farinha que usaria na receita de bolinhos. Outra versão diz que o doce foi criado por um aprendiz de chef dos Estados Unidos que aqueceu demais o forno para preparar bolinhos, assim mesmo foram servidos conquistando a apreciação dos clientes.[2]

Acredita-se que a sobremesa foi chegando ao Brasil em meados de 1980, trazida da França pela chefe mineira Bernadette Bahia Mascarenhas, a Chez Dadette. Era uma sobremesa presente no cardápio de seu restaurante, o Chez Dadette Haute Cuisine. Acredita-se também que em 1996 no Brasil. Erick Jacquin, chefe de cozinha francês radicado em São Paulo trouxe a receita após esta ser desenvolvida pelo também francês Michel Brás. A receita do petit gâteu foi adotada e modificada (de modo que o consumidor pudesse optar por diferentes recheios), por diversos cozinheiros ao redor do mundo.[2]

Receita[editar | editar código-fonte]

200 g de chocolate meio amargo; 60 gr de açúcar 2 colher(es) (sopa) de manteiga; 2 colheres (sopa) de farinha de trigo; 2 ovos inteiros; 2 gemas;

Derreta a manteiga e o chocolate em banho-maria. Unte forminhas de bolinhos com margarina e pulverize chocolate em pó. Bata os ovos e as gemas de ovo com açúcar na batedeira até ficar bem claro. Se sua batedeira não for planetária isso pode levar uns 20 minutos. Deixe ficar bem fofo e claro. Sem pressa, ok? Junte a farinha de trigo peneirada e o chocolate derretido, misturando com uma espátula, bem delicadamente. Despeje a massa nas forminhas, sem preenchê-las completamente.

Pré-aqueça o forno e leve para assar. 5 a 7 minutos (dependendo do forno) até os bolinhos crescerem, mas ficarem com o meio mole, assim quando cortamos sai aquela calda de chocolate quente. A impressão é de que o bolinho ainda está cru, mas se você esperar que o garfo saia limpo, perderá a calda característica do petit gateau. Deve-se desenformar quente, diretamente no prato, acompanhado com sorvete de creme. Para congelar basta colocar a forminha cheia, coberta com filme plástico, no freezer e quando for servir deixar o bolinho voltar à temperatura ambiente antes de colocar no forno.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A denominação petit gâteau significa "pequeno bolo" na França, no país esse tipo de doce é conhecido como fondant au chocolat. É desconhecida a origem da denominação nas Américas, acredita-se que este se popularizado entre os norte-americanos.[2]

Referências

  1. A verdadeira história do petit gâteau contemporane.com.br. Página visitada em 29 de setembro de 2012.
  2. a b c Uma sobremesa irresistível: O Petit Gâteau PUC-SP. Página visitada em 29 de setembro de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.