Picconia excelsa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPau-branco
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Plantae
Filo: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Alph. de Candolle
Ordem: Lamiales
Família: Oleaceae
Género: Picconia
Espécie: P. excelsa
Nome binomial
Picconia excelsa
(Aiton)

O pau-branco, Picconia excelsa, também conhecida popularmente como branqueiro, é uma planta endémica da ilha da Madeira e Canárias da família Oleaceae.

Apresenta-se como uma árvore com folhagem persistente que chega a atingir 15 metros de altura. O tronco apresenta-se esbranquiçado-acinzentado, verrugoso. As folhas decussadas, coriáceas.

Esta planta tem flores de cor branca, dispostas em cachos curtos, sendo os frutos em forma de drupas pouco carnudos e violáceo-purpúreos quando maduros.

Trata-se de uma espécie endémica da ilha da Madeira e das ilhas Canárias, que ocorre na floresta da Laurissilva do Til e do Barbusano.

Apresenta floração entre Fevereiro e Julho.

Ao longo dos tempos a madeira do pau-branco, de cor esbranquiçada a rosada, pesada e de grande dureza, foi utilizada em carpintaria, estruturas agrícolas, construção naval, embutidos e para fusos de lagares.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Árvores e Florestas de Portugal - Açores e Madeira, Edic. Público, Comunicações, SA. Dep. Legal nº 254481/2007

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Picconia excelsa
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Lamiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.