Pitão-verde-arborícola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPitão-verde-arborícola
Greentreepython.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Pythonidae
Género: Morelia
Espécie: M. viridis
Nome binomial
Morelia viridis
Schlegel, 1872

Pitão-verde-arborícola (Morelia viridis) é uma espécie de pitão não-venenosa que se pode encontrar na Nova Guiné, em várias ilhas da Indonésia, e na Península do Cabo York na Austrália. É exclusivamente arbórea e de uma distinta cor verde. Actualmente, nenhuma subespécie está identificada.

A média de tamanho de um adulto desta espécie é de 90 a 120 cm de comprimento, podendo atingir um tamanho máximo de cerca de 2,13 cm. A sua dieta consiste de pequenos mamíferos, tais como roedores e por vezes também répteis. Animal ovíparo com 10 a 25 ovos por postura. Os recém-nascidos são normalmente cor de limão com riscas irregulares e manchas púrpura e castanhas, embora indivíduos dourados ou cor de laranja possam surgir nalgumas ninhadas. Em qualquer caso, tornam-se verdes à medida que crescem.

Ícone de esboço Este artigo sobre cobras, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.