Primeiro Concílio de Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O I Concílio de Braga foi um concílio regional que teve lugar na cidade homónima do Norte de Portugal (então capital do reino dos Suevos), entre 1 de Maio de 561 e 563, por ordenamento do rei Ariamiro, tendo sido presidido por Martinho da Panónia, bispo titular de Braga e de Dume. A ele acudiram bispos da Galécia e do norte da Lusitânia.

Teve o apoio do Papa João III, e declarou anátema todos aqueles que acreditassem em doutrinas de tipo maniqueísta, como os priscilianistas.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Teologia ou sobre um teólogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.