Rede de abastecimento de água

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Fevereiro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Uma rede de abastecimento de água é um sistema projetado com componentes hidrológicos e hidráulicos incluindo:

  1. a bacia ou área geográfica para coleta de água;
  2. um reservatório de água não tratada (acima ou debaixo da terra) tais como um lago, um rio ou lençol freático de um aquífero subterrâneo;
  3. um meio de transportar a água da fonte para o tratamento, tal como canalização subterrânea, aquedutos e/ou túneis, geralmente denominada de adutora;
  4. purificação de água;
  5. transmissão do tratamento, por canos para armazenamento de água tratada e
  6. distribuição através de canos do reservatório até o consumidor (casas, indústrias, etc)

O produto entregue ao consumidor é a água potável.

Tratamento da Água[editar | editar código-fonte]

Virtualmente todos os grandes sistemas grandes precisam tratar a água; um fato que é regulado globalmente, pelos Estado e agências federais, como o Organização Mundial de Saúde (OMS) ou o Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. A purificação de água normalmente acontece próximo ao ponto finais de entrega a fim de reduzir custos de bombeando e as chances de contaminação da água após o tratamento.

Tratamento superficial da água geralmente consiste tradicional de três passos: clarificação, filtração e desinfecção. Clarificação refere-se à separação de partículas (sujeira, matéria orgânica, etc.) da água. Adição química (i.e. alume, cloreto férrico) desestabiliza as partículas carregadas e os prepara para clarificação por decantação ou flotação. Filtros de areia, antracite ou de carbono ativado refinam a água, removendo partículas menores. Embora existam outros métodos de desinfecção, o método preferido é o de adição de cloro. O cloro mata bactérias efetivamente e a maioria dos vírus e mantém uma proteção residual na água no decorrer da rede de abastecimento.

Uma vez tratada, cloro é acrescentado à água e que é então distribuída pela rede de abastecimento local. Hoje, são construídos sistemas de abastecimento de água tipicamente de tubos circulares de plástico, ferro ou de concreto.