Rio Orkhon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Orkhon
Rio Orkhon
Comprimento 1 124 km
Nascente Monte Suvraga Khairkhan nos montes Khangai
Província de Arkhangai
Foz Rio Selenga
Área da bacia 132 835 km²
Afluentes
esquerda
Rio Tamir
Afluentes
direita
Rio Tuul, rio Kharaa
País(es) Mongólia
País(es) da
bacia hidrográfica
Mongólia
Coordenadas 47° 33' 24" N 102° 49' 53" E
Bacia hidrográfica do rio Selenga
Cachoeira no rio Ulaan Tsutgalan

O rio Orkhon (em mongol: Орхон гол, Orkhon gol) é um rio da Mongólia. Ele nasce nos montes Khangai na província (aimag) de Arkhangay e flui na direção norte por 1124 km antes de se juntar ao rio Selenga, que flui na direção norte para a Rússia e Lago Baikal. O Orkhon é maior que o Selenge, o que faz dele o maior rio da Mongólia. Os principais afluentes do Orkhon são os rios Tuul e Tamir.

Há dois conjuntos de ruínas antigas ao longo do vale do rio: Khar Balgas, a antiga capital do Canato de Uyghur e Karakorum, a antiga capital do Império Mongol. Pyotr Kuzmich Kozlov escavou várias tumbas imperiais hunas na área do vale do rio.

Muito próximo ao Orkhon o rio Ulaan Tsutgalan apresenta uma cachoeira com dez metros de largura e vinte metros de altura. A cachoeira é um destino popular para turistas. Peixes no rio Orkhon incluem lúcio, carpa, perca, taimen e bagre.

A UNESCO lista o Vale do Orkhon como Patrimônio da Humanidade.

Referências[editar | editar código-fonte]

H. Barthel, Mongolei-Land zwischen Taiga und Wüste, Gotha 1990, p.34f

Сэлэнгэ мөрөн www.medeelel.mn.. Página visitada em 16-7-2007.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Orkhon
Panorama do vale do rio Orkhon