Royal Horticultural Society

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Sociedade Real de Horticultura (em inglês Royal Horticultural Society, RHS) foi fundada em 1804. Obteve o nome atual com a chancela real de 1861 firmada pelo príncipe Albert (1819-1861).

Esta organização, nasceu com o objetivo de promover a jardinagem e a horticultura na Grã-Bretanha e na Europa. Organiza uma série de exposições florais e a instalação de numerosos jardins abertos ao público.

A sociedade tem quatro jardins principais na Grã-Bretanha: o jardim Wisley no condado de Surrey, o jardim Rosemoor no condado de Devon, o jardim Hyde Hall no condado de Essex e o jardim Harlow Carr no condado de Yorkshire.

A exposição floral mais famosa é a que ocorre anualmente em Chelsea, a Exposição de Flores de Chelsea. Duas outras são organizadas, uma no parque Tatton em Cheshire e a outra no Hampton Court Palace. A sociedade organiza anualmente o "Grã-Bretanha em flor", um concurso para escolher as cidades mais floridas do país.

A sociedade homenageia com um reconhecimento especial, julgadas por um conselho, com a Medalha Vitória, aquelas personalidades que se destacaram no campo da horticultura. Outras medalhas são emitidas pela sociedade, entre elas a medalha Banksian, a medalha Knightian e a medalha Lindley. Nas exposições florais, são concedidas aos vencedores medalhas de ouro, prata e bronze.

Sua sede central se encontra no nº 80 da Vincent Square em Londres. Sua rica biblioteca é formada graças a várias doações, tal como a da biblioteca de John Lindley (1799-1865).

Ligação externa[editar | editar código-fonte]