Seleuco III Cerauno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Seleuco III Cerauno (ca. 243 a.C.223 a.C.), cujo nome real era Alexandre, foi um rei selêucida.

Antecessores e família[editar | editar código-fonte]

Seu avô era o rei selêucida Antíoco II Theos, casado com Laódice, filha de Aqueu.1 O casal teve dois filhos e duas filhas.1 . Os filhos eram Seleuco II Calínico, que sucedeu Antíoco II, e Antíoco Hierax; as filhas se casaram com Mitrídates e Ariathes.1 Antígono Hierax tentou tomar o poder ainda durante a vida de Seleuco II, provocando uma guerra, onde houve intervenção do Egito.1 . Antígono Hierax morreu no primeiro ano da 138a olimpíada (228 a.C.), e Seleuco II Calínico no ano seguinte.1

Seleuco II Calínico tinha dois filhos, Seleuco III Cerauno e Antíoco III Magno.1

Reinado[editar | editar código-fonte]

Seleuco III Cerauno sucedeu a seu pai, e adotou o nome de Seleuco (seu nome era Alexandre), sendo chamado de Cerauno (Trovão) pelas suas tropas.1

Após três anos de reinado, Seleuco III Cerauno foi atacado à traição e morto, na Frígia, por um gálata de nome Nicanor; isto ocorreu por volta do primeiro ano da 139a olimpíada (224 a.C.). Ele foi sucedido por seu irmão Antíoco III, que começou a reinar no segundo ano da 139a olimpíada (223 a.C.).

Referências

  1. a b c d e f g Eusébio de Cesareia, Crônica, 95, Os reis da Ásia Menor depois da morte de Alexandre, o Grande
Precedido por
Seleuco II Calínico
Rei Selêucida
Dinastia Selêucida
Sucedido por
Antíoco III Magno