Soro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Face inferior de uma fronde fértil de Dicksonia antarctica. Cada estrutura circular castanha é um soro individual.

Soro (latim: sorum, plural: sori) são agregados de esporângios, que por sua vez alojam os esporos.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Em botânica, chamam-se soros a órgãos que se formam em algumas espécies de pteridófitas, onde se desenvolvem os esporângios.[1]

Nas samambaias, normalmente os soros formam-se na face inferior da folha. Em alguns casos, os soros possuem uma cobertura que protege os esporângios chamada indúsio.

Para além de serem encontrados em plantas, os soros também ocorrem em algas, fungos e líquenes.

Referências

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Soro