The Bells of St. Mary's

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Bells of St. Mary's
Os sinos de Santa Maria (BR)
Bing Crosby repete o papel do padre O'Malley, com o qual havia recebido o Oscar no ano anterior (filme Going My Way).
 Estados Unidos
1945 • pb • 126 min 
Direção Leo McCarey
Roteiro Leo McCarey
Dudley Nichols
Elenco Ingrid Bergman
Bing Crosby
Género comédia
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Bells of St. Mary's (br.: Os sinos de Santa Maria) é um filme estadunidense de 1945 do gênero comédia, dirigido por Leo McCarey. Bing Crosby protagoniza o filme e interpreta novamente o personagem do padre O'Malley, com o qual havia recebido o Oscar no ano anterior pela atuação em Going My Way. A produção é da Rainbow Productions, de McCarey, e a distribuição foi da RKO.

A comédia é considerada natalina, com a inclusão de uma cena de Natal na escola e pelo fato do filme ter sido lançado originariamente em dezembro de 1945.

Calculada a inflação, o filme é considerado o quinquagésimo de maior bilheteria em todos os tempos.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ingrid Bergman como a Irmã Mary Benedict

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Henry Travers é o ricaço simpático Horace P. Bogardus

O padre católico Charles "Chuck" O'Malley chega para ser o novo diretor da escola de freiras Santa Maria, sediada em Nova Iorque. A situação é precária com o prédio antigo prestes a ser demolido e parte do terreno já vendido ao construtor milionário Horace P. Bogardus, que inicia uma grande e moderna construção para sua empresa. O padre conhece a líder das freiras, Irmã Mary Benedict, e os dois mantém uma rivalidade cordial, discutindo qual a melhor forma de educar as crianças além de unirem forças e tentarem convencer Bogardus a doar para a implantação de nova escola o prédio que está a construir.

Oscar[editar | editar código-fonte]

  • Venceu por melhor som.
  • Indicado a melhor ator (Bing Crosby), melhor atriz (Ingrid Bergman), mellhor diretor, melhor edição, melhor trilha sonora original, melhor canção (para Jimmy Van Heusen e Johnny Burke por "Aren't You Glad You're You") e melhor filme

Adaptações[editar | editar código-fonte]

TV[editar | editar código-fonte]

Em 1959, foi exibida uma adaptação em videotape pela televisão americana. Estrelaram o programa Claudette Colbert, Marc Connelly, Glenda Farrell, Nancy Marchand, Barbara Myers, Robert Preston e Charles Ruggles. A direção foi de Tom Donovan.

Rádio[editar | editar código-fonte]

Houve duas adaptações radiofônicas nos Estados Unidos para The Bells of St. Mary's, no programa The Screen Guild Theater. Ambas foram estreladas por Bing Crosby e Ingrid Bergman. Transmitidas em 26 de agosto de 1946 e 6 de outubro de 1947.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Bells of St. Mary's