The Bells of St. Mary's

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Bells of St. Mary's
Os sinos de Santa Maria (BR)
Bing Crosby repete o papel do padre O'Malley, com o qual havia recebido o Oscar no ano anterior (filme Going My Way).
1945 • pb • 126 min 
Direção Leo McCarey
Roteiro Leo McCarey
Dudley Nichols
Elenco Ingrid Bergman
Bing Crosby
Género comédia
País  Estados Unidos
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Bells of St. Mary's (br.: Os sinos de Santa Maria) é um filme estadunidense de 1945 do gênero comédia, dirigido por Leo McCarey. Bing Crosby protagoniza o filme e interpreta novamente o personagem do padre O'Malley, com o qual havia recebido o Oscar no ano anterior pela atuação em Going My Way. A produção é da Rainbow Productions, de McCarey, e a distribuição foi da RKO.

A comédia é considerada natalina, com a inclusão de uma cena de Natal na escola e pelo fato do filme ter sido lançado originariamente em dezembro de 1945.

Calculada a inflação, o filme é considerado o quinquagésimo de maior bilheteria em todos os tempos.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ingrid Bergman como a Irmã Mary Benedict

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Henry Travers é o ricaço simpático Horace P. Bogardus

O padre católico Charles "Chuck" O'Malley chega para ser o novo diretor da escola de freiras Santa Maria, sediada em Nova Iorque. A situação é precária com o prédio antigo prestes a ser demolido e parte do terreno já vendido ao construtor milionário Horace P. Bogardus, que inicia uma grande e moderna construção para sua empresa. O padre conhece a líder das freiras, Irmã Mary Benedict, e os dois mantém uma rivalidade cordial, discutindo qual a melhor forma de educar as crianças além de unirem forças e tentarem convencer Bogardus a doar para a implantação de nova escola o prédio que está a construir.

Oscar[editar | editar código-fonte]

  • Venceu por melhor som.
  • Indicado a melhor ator (Bing Crosby), melhor atriz (Ingrid Bergman), mellhor diretor, melhor edição, melhor trilha sonora original, melhor canção (para Jimmy Van Heusen e Johnny Burke por "Aren't You Glad You're You") e melhor filme

Adaptações[editar | editar código-fonte]

TV[editar | editar código-fonte]

Em 1959, foi exibida uma adaptação em videotape pela televisão americana. Estrelaram o programa Claudette Colbert, Marc Connelly, Glenda Farrell, Nancy Marchand, Barbara Myers, Robert Preston e Charles Ruggles. A direção foi de Tom Donovan.

Rádio[editar | editar código-fonte]

Houve duas adaptações radiofônicas nos Estados Unidos para The Bells of St. Mary's, no programa The Screen Guild Theater. Ambas foram estreladas por Bing Crosby e Ingrid Bergman. Transmitidas em 26 de agosto de 1946 e 6 de outubro de 1947.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Bells of St. Mary's