Tigre-de-bali

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTigre-de-bali
BaronOscarVojnich3Nov1911Ti.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 EX pt.svg
Extinta  (1940s) (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Género: Panthera
Espécie: P. tigris
Subespécie: P. t. balica
Nome trinomial
Panthera tigris balica
Schwarz, 1912
Distribuição geográfica
Ilha de Bali, na Indonésia
Ilha de Bali, na Indonésia

O tigre-de-bali (Panthera tigris balica) é uma sub-espécie extinta de tigre. Este animal estava limitado à ilha de Bali, na Indonésia e desapareceu devido a caça intensiva. O último exemplar de tigre-de-bali deve ter sido morto em Sumbar Kima, oeste de Bali em 27 de setembro de 1937, e era uma fêmea adulta. Nenhum tigre balinês era mantido em cativeiro.

De todas as subespécies era a menor, pesando no máximo 100 kg, ou seja menos da metade dos tigres-siberianos.

Características[editar | editar código-fonte]

O tigre-de-bali foi a menor de todas as 9 subespécies de tigre, comparável em tamanho a um leopardo ou um puma. O tigre-de-bali macho pesava entre 90 e 100 kg, já a fêmea pesava entre 65 e 80 kg. Os machos possuíam até 2,20 m de comprimento total, as fêmeas tinham de 1,80 até 2 m de comprimento.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • [1] - Site em ingles, pode ser utilizado como fonte de referência ao texto.
Ícone de esboço Este artigo sobre Felídeos, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.