Tonton Macoute

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Milícia de Voluntários da Segurança Nacional (em francês: Milice de Volontaires de la Sécurité Nationale, MVSN), comumente conhecidos como Tonton Macoute (literalmente "Tio do Saco", em crioulo haitiano, aludindo às figuras do "homem do saco" ou "bicho papão")[1] era uma força paramilitar haitiana criada em 1959, e que obedecia diretamente as ordens do ditador daquele país, François Duvalier, 'Papa Doc' , e de seu filho e sucessor, Jean-Claude, até a saída do último do poder, em 1986.

Os novos governos do país debandaram a organização, porém muitos de seus antigos integrantes se tornaram insurgentes, e participaram dos distúrbios políticos do país, especialmente nas regiões rurais, até 2000.

Estima-se que durante a sua actividade, os Tonton Macoute podem ter matado e feito desaparecer mais de 150 mil pessoas, na sua maioria civis e opositores aos regimes Duvalier.

Referências

  1. Bryan, Patrick E. The Haitian revolution and its effects. Heinemann, 1984. ISBN 0435983016, 9780435983017.